[the_ad_group id="16401"]
Beleza > Especial Casamento

Saiba como fazer um save the date criativo para o casamento

Por Redação Fortíssima 19/03/2016

Moda que teve origem nos Estados Unidos, o save the date nada mais é do que um pré-convite. Uma maneira fofa de notificar amigos e familiares de que o casamento vai acontecer e que, portanto, eles já podem deixar a data marcada na agenda. Isso ajuda a garantir que todos possam se organizar para comparecer ao evento.

Como organizar o save the date

O pré-convite não é só uma opção para casamentos, há quem usufrua dele também em ocasiões como festas de 15 anos ou jantares importantes de gala. Por isso, é importante que ele tenha a cara do casal, seja por meio de uma forma lúdica, delicada ou emocionante de comunicar às pessoas queridas a data da cerimônia.

O save the date não exige muito trabalho para ser elaborado. Ele deve conter apenas as informações básicas, como o nome do casal, a data do evento e a cidade ou o país em que será realizado. Principalmente para aqueles que escolhem destinos de casamento que exigem viagem por parte dos convidados, enviar o pré-convite é fundamental.

Para os noivos mais criativos, criar um site para o casamento é uma alternativa interessante. Além de fomentar a ansiedade para o grande dia, ele também pode conter informações mais aprimoradas sobre como chegar ao local do casório, além de fotos do ambiente ou dos pombinhos. Basta inserir o endereço de acesso no save the date.

É fundamental também ficar atento à data de entrega. O ideal é se organizar para que os exemplares sejam disparados cerca de seis meses antes do casamento. Mas, se o prazo apertar, vale enviar em até, no máximo, quatro meses antes da celebração.

save the date

Save the date contém informações básicas. Foto: iStock, Getty Images

Dicas para inovar no pré-convite

Fica a critério do casal definir o formato e o layout do pré-convite. Para quem dispõe de verba para isso, é possível avaliar as opções de custo da produção com uma gráfica, que fornece um trabalho mais aprimorado. Mas isso não significa que seja impossível encontrar modelos lindos online, para imprimir em casa.

Se você prefere algo mais intimista e conta com algum tempo para investir, vale escrever à mão – o que garante um toque exclusivo ao material e demonstra que você realmente se dedicou e que ama seus familiares e amigos. Mesmo que o resultado estético não fique tão aprimorado, o que vale é o empenho.

No caso de casais modernos e mais alinhados com a tecnologia, por que não gravar o reserve a data em forma de vídeo? Depois, é só disparar por e-mail e aguardar o retorno emocionado dos amigos e família. Também é possível digitalizar uma versão do pré-convite e enviar por meio das redes sociais. A dica é usar e abusar da criatividade.

E você, como vai fazer esse convite? Deixe um comentário! E não esqueça de compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]