[the_ad_group id="16401"]
Beleza > Unhas

Unha com micose? Aprenda como você pode prevenir

Por Redação Fortíssima 23/03/2016

Fragilidade, cor escurecida, dor nos dedos e até odor desagradável são sinais da unha com micose. Ela nada mais é do que uma infecção, que pode ocorrer tanto nos pés quanto nas mãos. Além de incômodo, o problema afeta a estética e pode exigir um tratamento longo. Por isso, o ideal é redobrar os cuidados.

O dermatologista Jardis Volpe explica que as micoses superficiais são causadas por fungos e ocorrem, frequentemente, no clima quente e úmido. Ou seja, é aconselhável manter a pele sempre seca.

“Pessoas que transpiram excessivamente ou que usam sapatos impermeáveis são mais propensas ao problema”, alerta o especialista. Mas esse não é a única forma de garantir unhas mais saudáveis.

Micose: sintomas e tratamento

Em relação às micoses, é necessário entender que elas podem afetar diferentes partes da unha. “A onicomicose se apresenta de várias formas. Ela causa descolamento da borda livre da unha, espessamento, manchas brancas na superfície ou até deformação”, explica o dermatologista.

Já quando a micose atinge a pele ao redor da unha, ela causa a paroníquia – condição conhecida popularmente como unheiro. Neste caso, conforme esclarece Volpe, o contorno ungueal fica inflamado, dolorido, inchado e avermelhado. Consequentemente, altera a formação da unha, que cresce ondulada.

Uma vez detectada a unha com micose, é importante procurar rapidamente um dermatologista. A cosmetóloga Sheila Gonçalves explica que, como o fungo pode deixar a unha oca, o tratamento costuma ser difícil. De acordo com ela, o sucesso depende da eliminação total dos micro-organismos.

Assim, é preciso substituir completamente a unha infectada por outra saudável. Mas, como o crescimento é lento, o processo demanda paciência e tempo. A recuperação completa pode levar cerca de seis meses para micoses das mãos e até 12 meses para as dos pés.

“As micoses das unhas são as de mais difícil tratamento e também de maior duração. Pode ser necessário manter a medicação por mais de doze meses. A persistência é fundamental para se obter sucesso nesses casos”, pondera Volpe.

Evite unha com micose

Higiene é fundamental para evitar micoses e manter a beleza das unhas. Foto: iStock, Getty Images

Como evitar a unha com micose

Considerando que o tratamento da onicomicose é difícil, a melhor alternativa é a prevenção. Segundo o dermatologista, hábitos higiênicos são muito importantes nesse cenário. Confira algumas dicas do profissional para passar longe dos fungos:

  • Seque-se sempre muito bem após o banho. Principalmente nas dobras de pele, em regiões como as axilas, as virilhas e os dedos dos pés e mãos
  • Evite contato prolongado com água e sabão
  • Não compartilhe objetos pessoais com outros indivíduos, sejam eles roupas, calçados, pentes, toalhas ou bonés
  • Use calçados sempre, especialmente em pisos constantemente úmidos, como os de vestiários ou saunas
  • Utilize luvas toda vez que for mexer na terra
  • Faça as unhas apenas em locais com esterilização certificada ou leve seus próprios equipamentos
  • Prefira calçados abertos, de modelos mais largos e ventilados.

E você, que técnicas usa para evitar a unha com micose e mantê-las sempre bonitas? Deixe o seu comentário.


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]