[the_ad_group id="16401"]
Beleza > Dica do Dermatologista

Conheça os 4 estágios da celulite e suas características

Por Redação Fortíssima 11/04/2016

Celulite, eis um incômodo estético quase sempre presente. De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, ele afeta nada menos do que oito em cada dez mulheres. O aspecto casca de laranja é resultado de vários fatores e evolui em estágios de menor a maior grau.

Os furinhos estão presente predominantemente nas mulheres por conta do hormônio estrogênio, que permite que a gordura se acumule nas coxas, nádegas e quadris. A má alimentação e o sedentarismo também estão envolvidos. Até mesmo o uso de roupas muito apertadas pode influenciar, por dificultar a circulação.

celulite no bumbum

Celulite se manifesta em quatro estágios. Foto: iStock, Getty Images

Saiba quais são os estágios da celulite

O aspecto da celulite pode variar de uma mulher para outra, geralmente porque o problema se apresenta em fases diferentes. Ele ocorre em quatro estágios, que caracterizam desde a mais sutil até aquela que fica mais aparente.

Estágio 1

Na fase inicial da celulite, o acúmulo de gordura ocorre apenas dentro da célula. Assim, as ondulações na pele só são perceptíveis quando comprimidas pelas mãos. Esse estágio pode iniciar ainda na adolescência. O ideal é iniciar os cuidados já nesse período, mantendo uma alimentação saudável e praticando atividades físicas.

Estágio 2

Na segunda fase, há maior disposição de gordura nas células. A celulite já pode ser percebida nitidamente, sem a necessidade de comprimir a pele. Neste caso, não basta se alimentar com qualidade e praticar exercícios para se livrar dos furinhos. É necessário contar com auxílio de massagem modeladora e drenagem linfática.

Estágio 3

Em seu terceiro estágio, a celulite já é associada ao ganho excessivo de peso. Ela começa a adquirir o aspecto casca de laranja, pois há pouca circulação de sangue no tecido adiposo. É comum também a presença dor nas pernas e indisposição física, que pioram à medida que a pessoa engorda.

Estágio 4

No último estágio, os nódulos da celulite são muito perceptíveis a apresentam uma consistência inchada e endurecida, que aponta a formação de fibrose. Além do comprometimento estético, o quadro causa dor e desconforto. O ideal é contar com auxílio médico e repensar o estilo de vida para reverter a situação.

celulite

Dicas para evitar os furinhos

O dermatologista Abdo Salomão esclarece que são vários os fatores envolvidos no surgimento da celulite. Os principais são a herança genética, o quadro hormonal, a alimentação e o sedentarismo.

Para quem deseja reduzir os furinhos, a dica é adotar algumas mudanças e contar com o apoio se tratamentos estéticos. A primeira delas é beber bastante água. O líquido faz bem à saúde, pois auxilia no transporte de nutrientes e oxigênio às células, favorecendo a eliminação de toxinas.

Também vale recorrer ao uso de cosméticos. Eles são bons aliados para melhorar o aspecto da celulite e evitar que ela evolua para o próximo estágio. Cremes à base de cafeína, por exemplo, estimulam a circulação sanguínea, contribuindo para a redução das células de gordura. Aplique nas regiões mais propensas diariamente.

É válido reforçar ainda a importância de uma dieta saudável: alimentos diuréticos e ricos em antioxidantes auxiliam no combate aos furinhos. Reduza o consumo de sódio, doces e embutidos.

Não se esqueça ainda de praticar exercícios. Movimentar o corpo é indispensável para a boa circulação sanguínea, que ajuda a evitar a celulite. Uma simples caminhada diária já pode fazer toda a diferença.

E aí, aprendeu como atenuar a celulite? Deixe o seu comentário! Também tire suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]