[the_ad_group id="16401"]
Bem-Estar > Zen

Veja dicas e saiba como meditar corretamente

Por Redação Fortíssima 15/04/2016

Mais que relaxar, a meditação pode trazer benefícios ao funcionamento do organismo e evitar problemas de saúde. De acordo com um estudo feito na Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, 30 minutos diários da prática ajudam a aliviar sintomas da ansiedade, depressão e dores crônicas. Mas você sabe como meditar corretamente?

Existem diferentes métodos para seguir. Independente de qual seja, uma das principais dúvidas na hora de aderir a prática é definir se ela vai ser desenvolvida em grupos ou sozinho. Tudo depende, é claro, dos seus objetivos.

Prós e contras de meditar em grupo

Em alguns casos, a meditação em grupo pode oferecer alguns inconvenientes, como a presença de pessoas que não conseguem focar e se concentrar, mudando de posição ou fazendo barulhos.

Principalmente para iniciantes, essa movimentação ao redor acaba atrapalhando a prática. Meditando sozinho é possível controlar o ambiente e ter menores distrações. Porém, o contato e apoio de outras pessoas é uma das bases da meditação budista, por exemplo. 

Além disso, a prática coletiva permite ouvir as dificuldades do outro e também orientações sobre como meditar corretamente, melhorando a postura, a concentração e a respiração. Também é possível aliar as duas formas. 

Você pode praticar diariamente em casa, no silêncio de um espaço que é só seu, mas também comparecer a eventos coletivos, em que seja possível fazer parte de uma comunidade, receber orientação e interagir.

como meditar

É preciso encontrar a melhor forma de meditar de acordo com o seu estilo. Foto: iStock, Getty Images

Aprenda como meditar da melhor forma para você

Seja individual ou em grupo, algumas dicas são importantes para saber como meditar. O primeiro passo é sentar com a coluna ereta e de uma maneira confortável. Não precisa ser necessariamente com as pernas cruzadas e as mãos podem cair suavemente no colo.

Basta se concentrar nos movimentos da respiração, observando a entrada e a saída do ar. Para quem preferir, pode se concentrar num mantra, que pode ser uma palavra, uma frase ou apenas um murmúrio, dependendo da base de meditação que está seguindo.

Manter os olhos fechados ajuda na concentração. Se ficar de olhos abertos, a dica é concentrar o olhar em um ponto fixo. Esses são os pontos básicos para começar a meditar, porém é importante também buscar aprender mais sobre a técnica.

Assim fica mais fácil encontrar a melhor opção para você, de acordo com o seu estilo e da forma como se sente bem.  Além de aliviar os sintomas da ansiedade e depressão, saber como meditar corretamente ainda ajuda a reduzir o estresse, melhorar a qualidade do sono e aumentar a capacidade de respiração e concentração.

Aprendeu como meditar? Lembre-se de que esse é um processo e cabe a você entender como ele pode ser desenvolvido da melhor forma. Se ainda ficou com dúvidas sobre o assunto, acesse o Fórum de Discussão Doutíssima e crie um tópico! Clique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]