[the_ad_group id="16401"]
Bem-Estar > Dia a Dia > Slider Home

Confira os principais benefícios da passiflora

Por Redação Fortíssima 18/07/2016

A passiflora é conhecida popularmente por seus efeitos vantajosos para quem enfrenta casos acentuados de nervosismo. Essa planta utilizada no preparo de medicamentos fitoterápicos é recomendada no tratamento natural de problemas psicológicos, ansiedade ou qualquer outra ocasião que cause estresse.

Os frutos da passiflora são os famosos maracujás, em seus mais diferentes tipos e cores. A planta é dividida em aproximadamente 500 espécies de trepadeiras, arbustos e herbáceas.

Veja 4 benefícios da passiflora

A seguir, confira quais são os principais benefícios dessas plantinhas para a sua qualidade de vida e bem-estar.

É calmante: é capaz de estimular a liberação de hormônios que asseguram o relaxamento do corpo e diminuição dos efeitos da ansiedade ou estresse.

Melhora a concentração: acaba com todos os sintomas que podem prejudicar os seus momentos de estudo ou trabalho. Possibilita que a sua mente esteja pronta para apenas se focar nas atividades que devem ser concluídas.

Combate inflamações: é fonte de flavonoides, que agem contra bactérias, vírus e processos inflamatórios que já estão instalados no corpo. Apesar disso, não deve ser apenas indicada para o tratamento de doenças.

Acaba com a insônia: contém saparinas, substâncias que influenciam no trabalho do sistema nervoso central e garantem sensação de relaxamento. É opção natural para ter boas noites de sono.

Passiflora

A passiflora é recomendada para aliviar os efeitos da ansiedade. Foto: iStock, Getty Images

Recomendações e uso

A passiflora deve ser recomendada por médico ou psicólogo. É importante não exceder a quantidade indicada pelo profissional. Por ser um medicamento natural, existem poucas contraindicações: grávidas, pacientes que utilizam medicamentos com efeito calmante e pessoas com histórico de alergia não devem utilizar.

As partes utilizadas no preparo do medicamento fitoterápico são flores, folhas e caules. Se consumida em excesso, a passiflora pode causar sono exagerado, enjoo, dores de cabeça, vômitos e náuseas. É importante conversar com o médico ao sentir qualquer sensação desconfortável ou estranha.

A passiflora pode trazer benefícios para a qualidade de vida e bem-estar, mas não é recomendada para o tratamento de doenças psiquiátricas ou inflamatórias. Converse com o médico para encontrar o medicamento mais adequado. Não substitua o método por qualquer remédio fitoterápico.

Prepare seu chá de passiflora

A passiflora utilizada para a melhora dos efeitos do estresse, ansiedade e nervosismo pode ser encontrada em forma de chá, cápsulas, xaropes ou tintas. A seguir, confira como preparar a bebida caseira que alivia todos os efeitos negativos que podem estar afetando a sua qualidade de vida.  

Ingredientes

2 colheres de chá de passiflora seca

1 xícara de água

Modo de preparo

Coloque a água para ferver. Despeje em uma xícara e acrescente as duas colheres de chá. Tampe e deixe repousar por dez minutos. Beba ainda quente.

E aí, o que achou do artigo? Deixe a sua opinião!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]