Bem-Estar > Dia a Dia

Saiba como comprar produtos usados e economize

Por Redação Fortíssima 05/09/2016

Com o debate sobre consumo consciente tão atual, comprar produtos usados se tornou alternativa não apenas para proteger o bolso dos gastos excessivos, mas também o meio ambiente. Ainda assim, vale tomar alguns cuidados na hora de fazer a sua escolha.

Consumo consciente ganha força

A maneira mais eficaz para reduzir o desperdício é comprar de modo consciente. Fazer um novo produto requer uma grande quantidade de materiais e energia, o que custa caro. Não é à toa que a reutilização de produtos usados ganha cada vz mais espaço.

Recentemente, foi realizada uma pesquisa por meio da plataforma digital Opinion Box” que buscou avaliar como anda o comportamento dos brasileiros quando o assunto é o consumo. Foram feitas entrevistas com 1.138 pessoas – abrangendo todos sexos, classes sociais e regiões do país.

Os dados mostraram que, atualmente, 54% dos brasileiros dá preferência a produtos de marcas que cuidam do meio ambiente. Não bastasse isso, 45% dos entrevistados disseram estar tentando diminuir o gasto e o consumo de supérfluos para proteger a natureza.

No entanto, uma das melhores alternativas para quem deseja essa preservação ainda pode ser melhor explorada. É que as estatísticas coletadas mostraram que apenas 39% das pessoas fazem trocas com frequência, 35% de vez em quando, e 26% raramente ou nunca. Em outras palavras, esse hábito ainda não é muito difundido no país.

produtos usados em brechó

Os brechós são ótimos lugares para buscar produtos usados de qualidade. Foto: iStock, Getty Images

Principais cuidados ao comprar produtos usados

Atualmente, há vários sites que fomentam esse tipo de comércio. Alguns deles permitem, inclusive, o contato direto entre vendedor e comprador. Para quem deseja iniciar nesse mundo, conheça alguns cuidados para não ter dores de cabeça mais tarde:

  • Segurança

Sites que vendem produtos usados não costumam ser tão conhecidos quanto aqueles das grandes redes de lojas. Por isso, é especialmente importante se informar quanto à credibilidade do local antes de fazer a compra. Lembre-se de que, para fechar negócio, provavelmente você terá de repassar alguns dados pessoais, como CPF e cartão de crédito.

  • Entrega

Esteja sempre atento ao prazo e também ao valor do frete. Jamais esqueça que nem sempre o preço de transporte do produto está incluso no valor que é anunciado no site. Em alguns casos, a diferença pode ser grande e encarecer o produto em excesso.

  • Troca

Conheça bem a política de troca dos sites. Como se trata de produtos usados, essa nem sempre é uma opção, então é bom ter essa informação em mente antes de fechar negócio.

Lembre-se que aquilo que não serve mais para você pode ser um verdadeiro achado para outra pessoa. Em vez de descartar aparelhos, ferramentas ou roupas, tente vender ou doá-los. Não só você vai reduzir o desperdício, mas estará ajudando outros.

As igrejas locais, centros comunitários, brechós, escolas e organizações sem fins lucrativos podem aceitar uma variedade de itens doados, incluindo livros, eletrônicos de trabalho e móveis desnecessários.

E aí, você costuma comprar produtos usados? Conte para a gente!


Sites parceiros