Beleza > Cabelos

Saiba o porquê alguns tipos de alisante de cabelo foram proibidos pela Anvisa

Por Debora Stevaux 23/08/2018

No início de agosto, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização de um cosmético conhecido pela sua função de alisante de cabelo. Isso porque o Creme Blue Gold Salvatore não era registrado devidamente como alisante utilizado em escovas progressivas.

A Anvisa proibiu a venda de uma marca de alisante de cabelo por não estar cadastrado corretamente e outras por apresentarem formol em sua composição. (Foto: iStock)

O fato de não ter a inscrição correta na instituição é um dos fatores responsáveis por colocar a segurança dos clientes em risco, além de dificultar a fiscalização. Em maio de 2018, outras quatro marcas de alisantes de cabelo foram proibidas de serem comercializadas. Isso porque testes realizados pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco encontraram formol em sua composição.

Granny hair: 4 tipos de cabelo cinza para você se inspirar

Segundo informações divulgadas pela revista Saúde, todos os lotes de Maxxdonna Profissional Matutinha e Ingel Maxx Premium Forever Liss Professional não podem mais serem comercializados ou divulgados. Outros lotes específicos  Forever Liss Btox e Bio Amazônia também entraram para a lista de proibidos.

O formol é um composto orgânico proibido por já ter sido cientificamente apontado como cancerígeno. Além de vermelhidão, irritação e alergia, seu contato direto com a pele pode até culminar em queimaduras. E obviamente que, por ser aplicado diretamente nos cabelos, o couro cabeludo também pode ser prejudicado.

Sue a camisa com estilo: 4 tipos de penteados lindos e práticos para ir à academia

Os malefícios podem ser ainda mais graves se a substância entrar em contato direto com os olhos, pois pode provocar conjuntivite. Nesse caso, as vias respiratórias – tanto as de quem aplica, quanto as de quem recebe a aplicação do formol – também sofrem com o efeito. A mucosa do nariz, boca, faringe e até mesmo o pulmão sentem os malefícios que se manifesta através da irritação.

Portanto, ser exposta ao uso do formol acaba favorecendo o surgimento de células cancerígenas. Outro malefício para o corpo atinge os próprios fios, que sofrem com a ação da reação química na cutícula do cabelo, destruindo seu interior, fazendo com que fique poroso, fraco e quebradiço a longo prazo.

Veja como manter a saúde dos principais tipos de cabelos cacheados

Não alisar os cabelos cacheados ou crespos tem sido uma forma de resistir aos padrões de beleza que impõem o liso como a única forma aceitável. Hoje, também existe uma vasta gama de produtos no mercado que permitem às pessoas cuidar e hidratar adequadamente dos fios. No entanto, para aqueles que ainda desejam alisar os fios, os princípios ativos autorizados e regulamentados pela Anvisa são: hidróxido de sódio, tioglicolato de amônio,  tioglicolato de AMP e cisteamina de sódio.

Porém, saber o nome dos produtos não é o bastante. Sempre que desejar fazer algum procedimento capilar como alisar os fios, consulte um cabeleireiro de confiança para não colocar os fios e a saúde em risco.

Giovanna Antonelli aparece com novo tom e corte de cabelo para próxima novela


Sites parceiros