[the_ad_group id="16403"]
Sintomas de Gravidez

Saiba como amenizar a dor no bico do seio durante a gravidez

Por Redação Doutíssima 17/06/2015

Um dos primeiros sinais da gravidez é a dor no bico do seio e em toda a área ao redor. Esse sintoma pode acontecer também no período pré-menstrual, mas se você estiver grávida, a sensibilidade deve persistir.

 

Junto com essa dor, outros sinais notáveis de gravidez são sonolência, enjoos, dores de cabeça, urgência para urinar e cansaço. Se você perceber esse conjunto de sintomas e sua menstruação estiver atrasada, é bom procurar um ginecologista.

dor no bico do seio

Mudanças hormonais na gravidez provocam inchaço e incômodo na região dos seios. Foto: iStock, Getty Images

 

O que causa a dor no bico do seio

Com a gravidez, muitas mudanças ocorrem no corpo, principalmente hormonais. É como o organismo se prepara para a geração completa de um pequeno ser humano, para o parto e para a amamentação.

Amamentar é uma parte natural do processo reprodutivo de todos os mamíferos, incluindo os humanos. Desde o início da gravidez, as glândulas e os dutos mamários já começam a se preparar para produzir e transportar o leite materno, alimento fundamental no desenvolvimento de bebês saudáveis.

Com essa ativação das glândulas mamárias, pode surgir a dor no bico do seio. Afinal, os dutos que levam o leite aos mamilos precisam criar mais espaço para transportar líquido em quantidades suficientes, causando inchaço em toda região das mamas.

 

dor no bico do seio 

Como diminuir a dor no bico do seio

Desde o princípio da gestação, a dor e a sensibilidade causados pelo inchaço dos seios podem causar bastante desconforto. A sensação incômoda pode atrapalhar nas tarefas do dia a dia, para dormir e em momentos de intimidade entre o casal.

A escolha do sutiã pode amenizar bastante a dor no bico do seio. Prefira os de tecido e bojo bem macio, que não causem muito atrito nos mamilos. O suporte também é importante, então prefira as peças de alças e costas largas para suportar melhor as mamas.

O site whattoexpect.com, especializado em gravidez e paternidade, dá uma dica muito prática nos casos de quem não consegue dormir sem sutiã. Para não apertar ainda mais os seios, escolha um top de ginástica com pouca pressão para aliviar o desconforto na hora do sono.

Se você sente coceira além da dor no bico do seio, pode significar que a pele está irritada. Ao tomar banho, utilize apenas água para higienizar a região. Sabonetes podem ressecar a pele dos seios, causando ainda mais desconforto.

Enquanto o uso de hidratantes e cremes específicos é aconselhado para evitar o ressecamento da pele das mamas, o uso desse tipo de produto não é recomendado para a dor no bico do seio.

Os mamilos são regiões com pele extremamente sensível e o uso de cosméticos nessa parte tão pequena pode ter efeito contrário, causando ainda mais sensibilidade e até ressecamento.

Quando a gravidez já estiver mais avançada, podem acontecer vazamentos do leite materno. Para evitar esses pequenos acidentes e situações constrangedoras em ambientes públicos ou no espaço de trabalho, tenha consigo protetores que evitam que o líquido molhe o sutiã e a roupa.

Utilize somente quando necessário para que essa contenção não sufoque a pele, impedindo a oxigenação no local.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]