Filhos > Gravidez e Filhos

Como as tarefas domésticas podem ajudar na educação dos filhos

Por Debora Stevaux 29/07/2018

Pode parecer absurdo para alguns pais, mas não deveria: os filhos devem ajudar, desde cedo, nas tarefas domésticas. O que pode parecer trivial ou até mesmo desnecessário é, na verdade, muito importante por trazer algumas noções importantes durante a primeira infância.

O que muda na vida dos pais após o nascimento do bebê

Ajudar a guardar os brinquedos, limpar onde sujou, recolher papéis ou outra sujeira e descartá-las no lugar correto, limpar uma mesinha são pequenas atitudes capazes de conferir aos pequenos uma maior noção de coletividade, autonomia e responsabilidade.

Quando as crianças ajudam nas tarefas domésticas, noções de responsabilidade, autonomia e pertencimento são fortalecidas. Por isso, incentive seu filho! (Foto: iStock)

Além disso, ajudar os pais ou cuidadores a realizar tarefas simples também aumenta a consciência de pertencimento sobre a própria casa, num primeiro momento e, a longa data, para sobre o mundo. No entanto, como qualquer outro processo de aprendizagem, é importante que seja supervisionado por um adulto que deve sempre ter uma postura paciente. Isso porque nenhum resultado feito por uma criança irá superar a de um adulto, mas é importante que eles coloquem a mão na massa mesmo assim.

Outro aspecto que os pais também precisam prestar atenção é sobre as atividades adequadas para cada faixa etária. Auxiliar os adultos, ao seu modo, também catalisa sentimentos bons na criança, pois ela se sentirá útil e como parte funcional da família, passando da postura passiva para a ativa. Dessa forma, a criança também vai criando e se adaptando à rotina, tornando mais orgânico um processo difícil e trabalhoso, tanto para os pais, quanto para os pequenos.

Como escolher a melhor escola de educação infantil

Se o pequeno aprender a colocar em prática, desde cedo, noções de limpeza e organização, será um adolescente e, posteriormente, um adulto, mais responsável e zeloso com seus pertences. As tarefas também não devem ser divididas por gênero – como coisas da cozinha ou da limpeza para as meninas e outros tipos para os garotos, por exemplo. Isso porque essa divisão, além de não fazer sentido, contribui e reforça a desigualdade de gênero.

Já que a lista de benefícios quando o seu filho ajuda nas tarefas domésticas são incontáveis, listamos abaixo 5 dicas para ajudá-lo a colocar a mão na massa. Vamos lá?

Viajar com crianças: dicas para garantir um trajeto tranquilo

5 dicas para incentivar seu filho a ajudar nas tarefas domésticas

 

  • Tenha sempre paciência e oriente seu filho sobre o desempenho das funções domésticas. Seja claro, mas em hipótese alguma, brigue com ele.
  • Comece demandando tarefas simples, como guardar os brinquedos e vá explicando a importância de cada uma delas, mesmo que seu filho não pergunte.
  • Uma excelente forma de despertar no seu pequeno a paixão pela culinária é cozinhando com ele. Com cuidado e carinho, demande pequenas tarefas quando estiver fazendo o café da manhã, almoço ou jantar.
  • Elogie sempre seu pequeno e nunca diga que algo está errado, opte por apresentar ‘uma outra forma de fazer’. Dessa forma, ele se tornará mais confiante.
  • Não deixe que outros adultos desmereçam o trabalho do seu filho. Aqui, a máxima de que se não for para ajudar, que não atrapalhe, precisa ser levada à risca para não colocar a criança para baixo.
  • Se o seu pequeno estiver fazendo ‘corpo mole’ ou não demonstrar interesse em fazer determinada atividade, converse com ele e explique a importância de fazê-la.

 

 


Sites parceiros