[the_ad_group id="16403"]
Especialidades

Tudo o que você precisa saber sobre asma

Por Redação Doutíssima 16/08/2013

Woman Using an Inhaler
O que é?

A asma é uma doença inflamatória crônica no sistema respiratório que causa inchaço das vias aéreas dos pulmões, responsável por dificuldade respiratória, tosse e aperto no peito.

Causas

Geralmente é causada por uma inflamação nas vias respiratórias. Existem casos em que a crise ocorre quando o indivíduo entra em contato com alguma substância que causa alergia.

Entre os desencadeadores da asma, estão:

  • Animais (pelo ou caspa de animais domésticos)
  • Poeira
  • Mudanças climáticas (complicações ocorrem mais comumente em clima frio)
  • Produtos químicos
  • Exercícios intensos
  • Mofo
  • Pólen
  • Resfriado comum e outras infecções respiratórias
  • Estresse
  • Fumo

 

Exames

Para identificar a asma, o médico utilizará um estetoscópio para auscultar se nos pulmões há sons relacionados à asma, embora os sons dos pulmões possam ser normais entre crises asmáticas.

Entre os testes para identificar a asma, estão:

  • Gás no sangue arterial
  • Teste de sangue para medir quantidade de eosinófilo (um tipo de glóbulo branco) e IgE (um tipo de proteína do sistema imunológico chamado imunoglobulina)
  • Raio X torácico
  • Testes de funcionamento dos pulmões
  • Medições de pico de fluxo

 

Sintomas

Os principais sintomas são respiração ofegante e tosse recorrentes.

Entre os sintomas da asma, estão:

  • Tosse com ou sem produção de escarro (muco)
  • Repuxar a pele entre as costelas durante a respiração (retrações intercostais)
  • Deficiência respiratória que piora com exercício ou atividade
  • Vem em episódios com períodos intercalados sem sintomas
  • Pode ser pior à noite ou no início da manhã
  • Pode desaparecer por si mesma
  • Melhora quando se usa medicamentos que abrem as vias respiratórias (broncodilatadores)
  • Piora quando se inspira ar frio
  • Piora com exercício
  • Piora com azia (refluxo)
  • Dor no peito
  • Aperto no tórax
  • A respiração para temporariamente

Existem algumas situações que são consideradas emergenciais em caso de asma, como por exemplo, lábios e rosto de cor azulada, nível diminuído de agilidade, como sonolência grave ou confusão, durante um ataque de asma, extrema dificuldade de respirar, pulsação rápida, ansiedade grave devido à deficiência respiratória e sudorese.

 

Tratamento

Os medicamentos mais comuns para ajudar a controlar a asma a curto ou longo prazo, são:

  • Corticosteroides inalados, para evitar que as vias aéreas inchem.
  • Os inaladores com beta-agonistas de ação prolongada ajudam a prevenir os sintomas.
  • Broncodilatadores de curta duração (inaladores)
  • Inibidores de leucotrienos
  • Omalizumab
  • Cromoglicato ou Necrodomil
  • Aminofilina ou teofilina

 

Fonte: Minha Vida


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]