[the_ad_group id="16401"]
Estética

7 Maneiras de combater a celulite

Por Redação Doutíssima 23/01/2014

Com o verão, as mulheres redobram a preocupação com a celulite. O corpo fica mais exposto e, por isso, buscam tratamentos estéticos que ajudem a amenizar ou em alguns casos até eliminar os indesejáveis “buraquinhos”. De acordo com Mayne Chiaparro, coordenadora técnica de Estética da Clínica Pró-Corpo, em São Paulo, 30% das demandas diárias da clínica são referentes a celulite.

A celulite é causada por alterações no tecido gorduroso que, pouco oxigenado e com septos fibrosos, dão origem às imperfeições na pele, e esse problema estético incomoda muito as mulheres, e seu aspecto é motivo de desconforto.

As pessoas devem ficar atentas, pois o aparecimento da celulite pode estar relacionado a outros fatores, que inclusive, precisam ser tratados previamente, como por exemplo, a flacidez.

“Com o aumento da idade e com a diminuição de atividades físicas, ocorre uma diminuição da produção de colágeno e elastina, que são responsáveis pela sustentação e firmeza da pele, com isso, o efeito casca de laranja e o aumento do grau da celulite ficam mais evidentes. O ideal é associar um tratamento estético, como por exemplo, a radiofreqüência, pois beneficia tanto a melhora da celulite quanto a flacidez”, explica a especialista.

Os homens também têm celulite. “Em grau mais ameno e mais concentrado em região de abdômen, geralmente, os que passaram por processo de aumento e perda de peso em um curto período”, reforça.

Apesar dos tratamentos serem aplicados da mesma forma tanto para as mulheres como para os homens, porém a resposta do metabolismo masculino tem vantagem em relação ao feminino, e por isso, a especialista defende que a elaboração de um programade tratamento seja feito a partir de uma avaliação minuciosa de cada pessoa, levando em consideração aspectos físicos e comportamentais.

Para ajudar, Mayne listou os sete passos que contribuem no combate à celulite:
— 
Fazer atividade física regular
— Manter uma alimentação equilibrada
— Ingerir 2 litros de água ao longo do dia
— Evitar ingestão de refrigerantes, excesso de açúcares e frituras;
— Realizar massagens semanais
— Usar cremes hidratantes diariamente
— Potencializar os resultados com tratamentos estéticos;

Os procedimentos que mais fazem sucesso são:

Radiofrequência também estimula a produção de colágeno. Por meio de um aparelho que cria um campo eletromagnético, é possível elevar a temperatura da região afetada até cerca de 40°C, valor ideal para a formação dessa importante proteína estrutural. Dessa forma, a aparência da pele melhora e os sinais de flacidez são reduzidos.
Radiofrequência

Carboxiterapia consiste na aplicação de gás carbônico sobre a pele com o intuito de promover a vasodilatação, que melhora o fluxo sanguíneo e consequentemente o linfático também. Por promover o estímulo do metabolismo ele auxilia na quebra de gordura e diminuição dos septos fibrosos, suavizando a aparência dos graus mais elevados da celulite, além de estimular a produção de colágeno e elastina, esse procedimento é muito indicado para problemas como o braço de “tchauzinho”, um clássico da flacidez que atinge pessoas de todas as idades.
Carboxiterapia

Massagem modeladora é um tratamento eficiente no combate à celulite, uma vez que ela mobiliza a célula de gordura. Ao desconstruir esse tecido desorganizado e subnutrido com movimentos rápidos e intensos, esse tipo de massagem contribui para restabelecer a perda de medidas de forma mais dinâmica.
Massagem modeladora

Heccus é um equipamento computadorizado de ultrassom de alta potência com corrente que promove a quebra da gordura. Deslizando sobre a pele com o auxílio de um gel condutor, o aparelho estimula a atividade metabólica, contribuindo também para o desinchaço e compressão das linfas.


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]