Estética

Técnica drug delivery promete tratar rugas, manchas e calvície

Por Redação Doutíssima 26/10/2015

O novo tratamento que promete acabar com as rugas e outras questões indesejáveis de pele tem um nome curioso: drug delivery. A técnica consiste em um combinado de substâncias e aparelhos que “entregam” melhor os ativos que combatem os probleminhas, sendo mais eficiente.

Aplicada em diversas clínicas em todo o País, o drug delivery potencializa os tratamentos já conhecidos e promete resultados mais focados.

drug delivery istock getty images doutíssima

Técnica potencializa a absorção de cosméticos que agem em problemas na pele. Foto: iStock, Getty Images

Entenda como funciona o drug delivery

Mais do que um medicamento ou tratamento especial, o drug delivery é uma maneira de fazer com que um creme, sérum ou outro medicamento seja absorvido de forma mais eficiente pelo organismo, dando resultados melhores em menor tempo.

Segundo uma publicação da Universidade de Queensland, na Austrália, os avanços da ciência facilitaram a melhoria das fórmulas e tipos de tratamento oferecidos para diversos problemas de pele, seja doença ou questão estética. Entre eles, está o combate a rugas, a manchas e à calvície. A mudança no modo de compor essas soluções é que permitem que elas tenham melhor desempenho do que as versões mais antigas.

O avanço também permite solucionar outras questões, além de ampliar o resultado e reduzir o tempo de ação. Quem apresentava intolerância ou não mostrava reação diante dos tratamentos agora pode testar novas alternativas com o drug delivery.

Saindo da parte teórica, que explica como as técnicas de drug delivery melhoram a aparência da pele, é preciso compreender como funciona isso na prática. Uma explicação simples é que com uso de equipamentos como ultrassom, laser, radiofrequência, microagulhamento ou mesmo injeção, é possível potencializar a absorção de cosméticos que agem no problema.

Pode-se dizer que esses aparelhos abrem passagem para produtos de ação antienvelhecimento, antirrugas, antiqueda, anticelulite e muitos outros, fazendo com que sua ação seja direta no local do problema. Isso reduz tanto a probabilidade de efeitos colaterais em áreas que não precisam do tratamento quanto o tempo de exposição ao composto.

Se antes um pacote estético para eliminar aquele seu probleminha levava dez sessões para solucionar tudo, com o drug delivery as idas ao dermatologista podem ser menos frequentes. É eficiência máxima em menos tempo.

Posso fazer drug delivery?

Como dito no início, drug delivery é uma combinação de estratégias para ter melhores resultados em tratamentos dermatológicos. Sendo assim, parte-se do princípio que qualquer pessoa está apta a essa opção.

Ao consultar um dermatologista ou profissional qualificado para tratamentos estéticos será feita uma avaliação de que fórmulas são mais adequadas para solucionar o que incomoda você e como isso pode ser associado a ações que promovam resultados melhores.

A sua sensibilidade também é levada em conta. As microagulhas, por exemplo, causam um pouco de dor e não são recomendadas para quem tem pouca resistência. Assim, cada caso precisa ser avaliado minunciosamente por alguém qualificado na aplicação dos aparelhos e administração dos químicos.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


Sites parceiros