[the_ad_group id="16403"]
Especialidades > Gestante

Corrimento na gravidez: por que acontece e como tratar

Por Redação Doutíssima 01/02/2014

gravidez-vitamina-d

A fase da gestação é uma das mais intensas na vida de uma mulher, é nessa etapa da vida que ela passa por diversas mudanças, as principais são as diversas alterações no corpo que estão relacionadas à produção de hormônios.
Uma situação recorrente nas mulheres grávidas é o corrimento vaginal, que é uma secreção de líquidos pela vagina e que não causa nenhum problema para ela.

Neste artigo vamos falar sobre as causas e tratamento de corrimentos durante a gravidez.

Como já dissemos, durante a gravidez o corpo da mulher passa por diversas alterações hormonais. O corrimento considerado normal nessa fase não tem odor e é de cor clara e não representa nenhum risco para a gestante nem para o bebê. Porém, é importante conversar com o seu médico caso você sinta coceira, se o seu corrimento apresentar cheiro forte ou se você apresentar outros sintomas.

Corrimento marrom

É comum ocorrer este tipo de corrimento durante os primeiros dias de gravidez. Algumas mulheres que não sabem que estão gravidas podem confundi-lo com a menstruação.
É a partir do primeiro trimestre que o corrimento marrom representa um sinal de perigo para a mulher, pois, ele pode se tratar de alguma perda de sangue. Caso o corrimento marrom tipo borra de café ou avermelhado ocorra, é preciso entrar em contato com o seu médico urgentemente.

Corrimento amarelado

Os corrimentos amarelados podem representar uma infecção ginecológica. Este tipo de corrimento normalmente tem cheiro de peixe cru e pode vir acompanhado por dores vaginais, coceira e ardência ao urinar. As infecções ocorridas durante a gravidez devem ser tratadas, pois, elas podem se tratar de complicações como aborto, parto prematuro, entre outras.

corrimento

Corrimento esbranquiçado

O corrimento esbranquiçado provoca muita coceira e é bem frequente no verão, é comum que ele ocorra durante a gravidez causado pela candidíase que costuma aparecer quando a mulher está com a imunidade baixa. O corrimento esbranquiçado é normal e  pode ser tratado com o uso de pomadas antifúngicas.

Alguns passos importantes para evitar o corrimento durante a gravidez

Para evitar corrimentos que podem prejudicar a gravidez, é preciso principalmente ter alguns cuidados com a higiene pessoal a fim de evitar infecções.

– Lavar a apenas a parte externa da vagina, evitando o contato da ducha com a parte interna, pois, isso pode causar infecções

– Lavar a a vagina apenas com água e sabonete neutro

– Não utilizar absorventes internos ou introduzir qualquer objeto dentro da vagina.


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]