Amor e Sexo > Métodos Contraceptivos

Tire suas dúvidas sobre o uso da camisinha masculina

Por Redação Doutíssima 02/07/2014

A camisinha masculina costuma ser referência quando se fala em sexo seguro. Usados corretamente, esses preservativos ajudam a proteger contra a gravidez indesejada e as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). 

Quem usa a camisinha masculina como método de barreira precisa estar atento a todas informações sobre ela. Os preservativos de látex são altamente eficazes prevenção de doenças como HIV e outras sexualmente transmissíveis, bem como da gravidez, mas para isso devem ser usados de forma consistente e correta.

O que pouca gente sabe é que o uso de preservativos pode diminuir o risco de mulheres desenvolverem câncer do colo do útero, doença associada ao HPV. É o que indica um estudo publicado no New England Journal of Medicine – porém, vale saber que há estudos e casos que desmentem esse benefício.

A questão que fica é: será que o uso desse método contraceptivo é feito de forma correta pelas pessoas? Essa resposta é das mais importantes. Para garantir a segurança da camisinha, uma série de cuidados na escolha e no modo de utilizá-la são fundamentais – do contrário, é possível que ela perca grande parte de sua eficácia.

Camisinha masculina

Os preservativos de látex são altamente eficazes quando utilizados de maneira correta. Foto: Shutterstock

O que você precisa saber sobre a camisinha masculina

Existem diferentes tipos de preservativos?

Sim. Há camisinhas masculinas de diferentes tamanhos, estilos e formas, e com características diferentes. Os preservativos podem ser feitos de látex, poliuretano, ou borracha nitrílica, assim como lubrificadas ou não.

Qual é a eficácia?

Quando usada corretamente, a camisinha masculina é 98% eficaz. Isto significa que se, durante um ano, 100 casais fazem sexo com camisinha em todas as relações sexuais, apenas duas mulheres irão engravidar. Lembre-se de que, para a plena proteção, é preciso que ela seja usada de forma correta e durante todo o ato sexual.

– Como armazenar um preservativo corretamente?

Mantenha o pacote não utilizado em um local seco, escuro e em temperatura ambiente. Os preservativos de látex podem estar sujeitos à deterioração durante o armazenamento, segundo um artigo na revista médica Contraception. Por isso, eles não devem ser transportados na carteira ou no porta luvas do carro por mais de duas semanas. No Brasil, procure a presença do selo do INMETRO que atesta a qualidade da marca. E fique de olho na data de validade!

– Como usar uma camisinha corretamente?

Primeiro, abra o pacote com cuidado e observe para não a rasgar. Já com o pênis ereto, pressione suavemente o ar na ponta do preservativo, colocando-o sobre a glande e desenrolando-o até a base do pênis. Veja se a camisinha está desenrolada o máximo possível e bem justa na base do pênis. Após a ejaculação, dê um nó na base da camisinha e coloque-a no lixo.

– Ela pode se romper durante o sexo?

reduzidas chances de isso acontecer desde que você a use corretamente. De toda forma, caso aconteça, a relação deve ser interrompida e a camisinha trocada. Além disso, nesses casos é válido considerar algum método contraceptivo de emergência.

O que acha do assunto? Deixe um comentário! E não esqueça de compartilhar suas experiências e tirar dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros