Métodos Contraceptivos

Contraceptivos : Saiba como eles funcionam

Por Redação Doutíssima 03/11/2014

Os contraceptivos auxiliam na organização do planejamento familiar e em uma melhor qualidade de vida para pais e filhos, já que a gravidez deve acontecer quando o casal decide que é o momento de assumir essa responsabilidade.

guia dos contraceptivos

Muitos casos de aborto, abandono e doação de crianças acontecem em decorrência de uma gravidez indesejada, geralmente por falta de informação.Antes de uma relação sexual é importante estar ciente de que o não uso da camisinha expõe o casal à gravidez indesejada e também à doenças sexualmente transmissíveis.

shutterstock_109415882

Em relação à gravidez, métodos anticoncepcionais se fazem importantes e necessários. Estes são classificados em cinco grupos:

métodos comportamentais,

métodos de barreira,

contracepção hormonal,

dispositivo intra-uterino,

contracepção cirúrgica.

Confira cada um deles e escolha a melhor maneira de se proteger:

Guia do contraceptivo

1 – Métodos comportamentais

Tabelinha – Usando esse método, as relações sexuais devem ser suspensas durante o período fértil da mulher. Saiba como proceder:

  • Anote os ciclos menstruais durante seis meses. Caso aconteçam uns mais curtos que outros,subtraia 18 dias do ciclo mais curto e 11 dias do mais longo. Ex: Supondo que o ciclo mais curto tenha sido de 28 dias e o mais longo de 32 dias.

28 – 18 = 10.

      32 – 11 = 21.

  • A abstinência sexual deve ser feita do décimo ao vigésimo primeiro dia do ciclo.

A tabelinha é um método bem falho. É indicado apenas para mulheres com ciclos menstruais regulares e pode trazer problemas de relacionamento para o casal. Há mulheres que utilizam esse método associado ao uso da camisinha.

Ejaculação extra-vaginal – Consiste na retirada do pênis da vagina antes da ejaculação. Tem alto de índice de falha, porque o líquido seminal eliminado antes da ejaculação já contém espermatozoides e também porque muitos homens não conseguem controlar o momento da ejaculação. Além de se caracterizar como ato sexual incompleto, pode provocar ejaculação precoce ou impotência.

Muco Cervical – A mulher prevê  os dias férteis analisando o muco do colo interino. Como ele fica mais elástico e escorregadio na época da ovulação, a abstinência deve acontecer desde o período em que já há muco, mesmo pouco, até três dias após a data em que há maior elasticidade.

Temperatura basal: Consiste em medir a temperatura da mulher em repouso, todas as manhãs antes de se levantar. A relação sexual não deve acontecer quando a temperatura está em alta, devendo ocorrer abstinência do início da menstruação até 72 horas após a elevação da temperatura.

2 – Métodos de barreira: Através desses métodos os espermatozoides não chegam até o útero: camisinha masculina ou feminina, diafragma (deve ser colocado quinze minutos antes da relação sexual, no mínimo e retirado entre 6 a 8 horas depois) e espermicidas ou espermaticidas.

3 – Contracepção hormonal: Tem a função de evitar a ovulação da mulher. É um método de alta eficiência e pode ser utilizado através de: pílula (oral), injetável (mensal ou trimestral), anel vaginal (bastante eficaz também, feito em material plástico contendo hormônio, que deve ser inserido na vagina e permanecer por três semanas, com pausa de uma semana antes de recomeçar o uso), adesivo cutâneo e implante sob a pele. Existe também a pílula do dia seguinte, que deve ser usada apenas em casos esporádicos: se esqueceu de tomar a pílula normal ou se a camisinha estourou. É um método usado em caso de estupro.

4 – Dispositivo intrauterino: O dispositivo intrauterino, ou DIU é um método bastante eficaz também. O DIU pode ser de hormônio ou de cobre e deve ser colocado pelo médico durante a menstruação.  Este dispositivo tem durabilidade por alguns anos, de acordo com o tipo.

5 – Contracepção cirúrgica: Quando é feita na mulher, chamamos de laqueadura ou ligadura tubária e no homem, chamamos de vasectomia. É um método de alta eficácia, mas deve ser usado com responsabilidade e após orientação médica, pois é irreversível. Se for feita a vasectomia há a possibilidade de congelar espermatozoides.O primeiro passo para o planejamento do momento ideal para ter filhos é o controle da natalidade através de contraceptivo garantindo, assim, a qualidade de vida familiar. A única forma de se prevenir de uma gravidez indesejada e, ao mesmo tempo, de doenças sexualmente transmissíveis é aliando o uso de um contraceptivo ao uso do preservativo.

Pense nisso!

Confira mais sobre o DIU no vídeo seguinte: