[the_ad_group id="16401"]
Amor e Sexo > Slider Home

Conheça 4 tipos de orgasmos femininos

Por Redação Doutíssima 24/04/2015

Você sabia que existem vários tipos de orgasmos femininos? Dependendo do tipo de estimulação que recebe, a mulher é capaz de ter sensações de prazer diferentes. De acordo com um estudo publicado na revista NeuroQuantology, há quatro tipos distintos de orgasmo feminino, e existe uma forma correta para chegar a cada um deles.

 

Você sabe o que são tipos de orgasmos femininos?

O orgasmo é considerado como o auge da excitação sexual. É um poderoso sentimento de prazer físico e mental, que inclui uma descarga de tensão erótica acumulada. Pessoas de todos os gêneros podem ter orgasmos através de uma variedade de diferentes fontes.

tipos de orgasmos

Mulheres podem chegar ao orgasmo por estimulação clitoriana e penetração vaginal. Foto: iStock, Getty Images

Em estudos realizados entre 1948 e 1953, o Dr. Alfred Kinsey, o pesquisador pioneiro em sexo, define a penetração, a masturbação, os sonhos noturnos e as carícias como algumas das fontes de orgasmo, tanto para homens quanto para mulheres.

 

Tipos de orgasmos femininos

Conheça os tipos de orgasmos e as sensações diferentes que você pode sentir.

 

1. Orgasmo clitoriano

O clitóris possui aproximadamente oito mil terminações nervosas, sendo um dos locais mais sensíveis no corpo das mulheres. Para a maioria delas, a melhor opção para obter um orgasmo é estimular exatamente esse local.

 

Entretanto, se você quiser extrair todo o potencial de um dos melhores tipos de orgasmos de que se tem conhecimento, é melhor ir devagar. Dê valor às preliminares.

 

2. Orgasmo vaginal

Os pesquisadores que se arriscam nessa área ainda divergem, mas o fato é que levantamentos indicam que 30% das mulheres relatam ter orgasmos apenas com a estimulação da área vaginal e a penetração.

 

Conforme um estudo publicado no Journal of Sexual Medicine, esse é um dos tipos de orgasmos que está relacionado à duração do ato sexual – quanto mais ele dura, mais chances há de atingi-lo.

 

3. Orgasmo combinado

Dentre os tipos de orgasmos, esse nada mais é do que uma mistura entre os orgasmos clitoriano e vaginal. Segundo Cynthia Ruberg, terapeuta sexual da cidade de Columbus, Ohio, nesse momento, você está recebendo o melhor dos dois mundos.

Para chegar lá, você precisa preparar seu corpo. Mais uma vez, é importante dar valor às preliminares através de beijos, toques e carícias.

 

4. Orgasmos múltiplos

Muitos pensam que múltiplos orgasmos acontecem quando, em uma mesma noite de sexo, a mulher consegue atingi-lo diversas vezes. É um conceito equivocado, já que a expressão múltiplos orgasmos é muito mais restritiva, e significa orgasmos em sequência.

 

Algumas mulheres conseguem tê-lo. Não é fácil, já que elas precisam resistir à estimulação contínua logo após chegarem lá pela primeira vez.

 

Nunca tive um orgasmo

Distúrbios do orgasmo feminino normalmente consistem em sua ausência ou atraso significativo mesmo após a estimulação suficiente. A ausência de orgasmos também é conhecida como anorgasmia.

Esse termo é dividido em anorgasmia primária, quando a mulher nunca teve um orgasmo, e anorgasmia secundária, quando a mulher já experimentou orgasmos anteriormente.

 

É possível que o transtorno do orgasmo feminino esteja vinculado a causas físicas, como as questões ginecológicas ou o uso de certos medicamentos, ou a causas psicológicas, como a ansiedade ou a depressão. Por isso, um especialista em saúde da mulher pode ajudar a tratar o problema.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]