[the_ad_group id="16401"]
Bem-Estar > Psicologia

Está desempregado? Veja como se recolocar no mercado

Por Redação Fortíssima 04/05/2016

Estar desempregado não é uma situação fácil, ainda mais em um momento que é de crise no país. Mas apesar da dificuldade de conseguir uma recolocação, não é impossível arrumar um novo emprego e retomar a sua carreira. Tudo depende de buscar a oportunidade certa e entender como ela pode ser aproveitada.

desempregado

Você certamente não está sozinho na busca por um novo emprego. Foto: iStock, Getty Images

Desemprego cresce no Brasil

Se você está sem trabalho há algum tempo, pode ter certeza de que não está sozinho. Isso significa que a concorrência pode ser grande e um pequeno detalhe fazer toda a diferença. Ou seja, vale caprichar no currículo e não deixar nada de fora.

Para se ter uma ideia, dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que 10,2% dos trabalhadores estão fora do mercado e sem ocupação. Isso representa 10,4 milhões brasileiros.

Mas não tome esse dado como um desestímulo. Também existem muitas vagas disponíveis para profissionais qualificados. Além disso, ficar sem emprego é uma boa maneira de reprogramar sua carreira e avaliar se você está no caminho certo.

Buscar cursos para se especializar pode ser uma alternativa. Pense em um planejamento a longo prazo e crie pequenas metas. Elas irão ajudar não apenas a conquistar um emprego, mas também o sucesso em sua carreira.

desempregado

Desempregado: como voltar ao mercado

Se você está desempregado e procurando uma colocação, deve gastar mais do que uma pequena porção do seu dia fazendo atividades relacionadas à carreira. Isso pode não significar olhar todos os anúncios de vagas, mas aumentar suas chances outras formas. Confira algumas dicas:

  • Voluntário

Oferecer suas habilidades, conhecimento e tempo de graça pode ter grandes benefícios para quem procura emprego. Por exemplo, isso pode quebrar o isolamento e melhorar a autoestima. Empregadores gostam de ver que as pessoas têm se mantido ocupadas e focadas. Além disso, você exercita sua generosidade.

  • Fique em contato com sua rede

Alguns dos melhores trabalhos são encontrados em sua rede de networking. Ela pode ser composta tanto por amigos e familiares quanto por ex-colegas, companheiros de faculdade e pessoas que você conheceu ao longo dos anos de trabalho. 

  • Considere um trabalho freelancer

Se o que você busca é estabilidade, um trabalho como freelancer pode não ser o ideal, mas certamente ajuda a ficar ativo e criar contatos enquanto está na busca por algo melhor. Vale saber que, financeiramente, muitas vagas desse tipo compensam bastante.

  • Faça uma auditoria online

Cada vez mais empresas estão recrutando em plataformas como Facebook, Twitter e Linkedin. Candidatos a emprego podem encontrar oportunidades nesses espaços digitais, mas é extremamente importante que seu perfil online possa beneficiar e não prejudicar.

Verifique suas configurações de privacidade para garantir que não haja fotos embaraçosas ou comentários que possam ser vistos por potenciais empregadores. Acredite, pode fazer a diferença.

E aí, pronto para sair da condição de desempregado? Deixe o seu comentário!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]