Na corrida por um emprego, é normal que muitos candidatos concorram à mesma vaga. Para conquistar o desejado cargo, saber como fazer um currículo pode causar a diferença. O documento tem o poder de descartar ou eleger alguém de imediato apenas em alguns detalhes.

Veja abaixo como elaborar um curriculum vitae simples, atraente e que combine com o tipo de emprego que você procura.

como fazer um currículo istock getty images doutíssima
Recrutadores priorizam currículos sem excesso de informação ou erros de português. Foto: iStock, Getty Images

Como fazer um currículo interessante

De acordo com Lígia Leite, psicóloga no Instituto Brasileiro de Coaching (IBC) e Bussiness and Executive Coach, o documento deve estar sempre atualizado, completo e objetivo, para facilitar e atrair a atenção dos recrutadores.

“A principal função do currículo é deixar o recrutador com uma boa impressão a ponto de selecionar o candidato para uma entrevista. Através deste resumo, o recrutador poderá decidir em poucos minutos se o profissional possui as características desejadas para a vaga ou não”, informa.

Além disso, existem alguns pontos que você não pode esquecer de mencionar e informar no currículo. Sua primeira apresentação é essencial, por isso, informe seu nome completo, endereço, e-mail, telefone, idade e estado civil.

Procure falar de suas qualificações de maneira breve, em mais ou menos cinco linhas, de maneira que conte de você e suas habilidades para aquela vaga. A formação escolar também é um dos itens mais essenciais do currículo. Comece pela mais recente, como a faculdade, por exemplo.

As suas experiências profissionais também devem iniciar com a mais atual. Não esqueça de acrescentar o nome da empresa, função que exerceu e por quanto tempo trabalhou no local.

Para Lígia, alguns erros são bem comuns e fatais, como por exemplo, colocar excesso de informações. “Currículos extensos e prolixos cansam os recrutadores, o ideal é colocar informações de forma clara e objetiva. Outro erro, gravíssimo, é colocar características comportamentais. Não é recomendável usar qualificações elogiosas a sua maneira de ser no currículo”, aconselha.

Ainda, mentir, colocar o quanto quer ganhar e erros de português são pontos que devem ser evitados ao fazer um currículo.

Ferramentas e dicas para elaborar o currículo

Se você tem um cargo e empresa em específico que almeja, que tal registrar o seu currículo no site da corporação? Geralmente, o departamento de Recursos Humanos verifica possíveis candidatos para vaga nesse portal. Além disso, existem diversos sites que são uma espécie de banco de currículos. Você se cadastra e é visado, assim como recebe informações de vaga em aberto para se candidatar.  

Uma das formas de procurar emprego online atualmente é o LinkedIn, com cerca de 300 milhões de usuários, no qual você cadastra o seu currículo e pode ter suas habilidades avaliadas por ex-colegas de trabalho.

Lívia aponta alguns sites interessantes, como o Pdfcv, que possui ferramentas bastante simples para para montar o currículo. A psicóloga também cita o Livecareer, que serve como uma central de empregos e também gera o documento.

Não pense que sua imagem é importante apenas no dia da entrevista. Se você está em dúvida de qual foto escolher para estampar o currículo online, impresso ou até mesmo as redes sociais, a Bussiness and Executive Coach afirma que a imagem deve ser sóbria, sem exagerar na seriedade.

“Um sorriso discreto mostra simpatia e carisma, transmitindo boa impressão. Nas redes sociais, se o objetivo for profissional, é importante apresentar mais formalidade, de forma geral, não só mostrando isso com a foto, mas também nas postagens”, destaca.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!