[the_ad_group id="16401"]
Dica do Nutricionista > Nutrição

Qual é o melhor açúcar para a saúde? Descubra todas as opções!

Por Francine Costanti 13/01/2020

De acordo com a OMS (Organização Mundial da saúde), a diabetes já afeta quase 1 em cada 11 adultos no mundo. Os níveis elevados de açúcar no sangue estão relacionados a 3,7 milhões de mortes todos os anos. 

Além da diabetes, o excesso de açúcar no organismo pode causar colesterol alto, gastrite e prisão de ventre. Por isso, hoje se faz tão importante evitar seu consumo em excesso para manter a saúde em dia.  

Pedimos para a nutricionista Dra. Isabella Del Moral detalhar cada tipo de açúcar, suas diferenças e contar qual deles é o melhor para adoçar pratos. Veja abaixo: 

Açúcar refinado

O açúcar refinado é o menos nutritivo para incluir na alimentação, porque fornece apenas calorias vazias ao organismo, sem mineiras e vitaminas, além de uma grande quantidade de aditivos químicos. Alguns males causados pelo açúcar refinado: cáries, sobrepeso, gordura no fígado, gastrite, diabetes, pressão alta e câncer.

Não consegue ficar sem doces? Veja 8 dicas para diminuir o vício em açúcar

Açúcar light

A proposta dele é reduzir pela metade o valor calórico em relação ao refinado, compondo 50% de açúcar e 50% de adoçante artificial.O parte negativa do açúcar light é que o adoçante artificial, na maioria das vezes, é aspartame ou sucralose.

Algumas pesquisas mostram que estes adoçantes podem causar desequilíbrio na flora intestinal, chamada de disbiose. Ele está associado à diarreia, ressecamento intestinal, síndrome da má absorção de nutrientes, digestão mais lenta, candidíase e infecções urinárias.

quantidade açucar

Excesso de açúcar refinado no organismo pode causar doenças graves, como diabetes e câncer. Foto: iStock

Açúcar orgânico

O açúcar orgânico não utiliza agrotóxicos ou produtos químicos em nenhuma etapa de sua produção. A não utilização desses produtos faz com que o açúcar orgânico retenha os nutrientes da cana, como vitaminas e minerais. O resultado é encontrado através de grãos mais escuros, grossos e muito mais nutritivos.

Açúcar demerara

Apesar de não ser orgânico, ele não recebe nenhum aditivo químico no processo industrial, passando por um processo de refinamento bem superficial. Os grãos dele são mais graúdos e escuros e tem um pouco mais de nutrientes que o refinado.

Stévia

Stévia é um adoçante natural feito da planta Stevia rebaudiana bertoni, por ser natural é interessante usar para quem tem diabetes, resistência à insulina ou qualquer restrição em açúcar. Lembrando que o mais importante é aprender a apreciar o gosto natural dos alimentos, sem a necessidade de adoçar. 

Sucralose

É um adoçante sintético, podendo trazer alguns malefícios como: desequilíbrio na flora intestinal, chamada de dibiose. Ele está associado à diarreia, ressecamento intestinal, síndrome da má absorção de nutrientes, digestão mais lenta, candidíase e infecções urinárias.

Conheça algumas dicas de alimentos para diabéticos

Açúcar mascavo

Tem um índice glicêmico mais baixo e não passou por processo de refinamento, concentrando mais nutrientes como vitaminas e minerais. Por ser extraído depois do cozimento da cana,  este tipo de açúcar conserva todos os minerais, como cálcio e ferro e isso faz ele ter uma cor mais escura.

Açúcar de coco

O açúcar que vem do coco é uma boa opção para substituir o refinado pois não ocorre pico glicêmico, adoça bem e ainda é nutritivo. Ele é muito rico em minerais, vitaminas e tem o poder de adoçar qualquer receita. 

 


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]