Guia do Câncer

Novembro Azul é mês dedicado à prevenção do câncer de próstata

Por Redação Doutíssima 02/11/2014

Após anos de sucesso do movimento chamado Outubro Rosa, que visa a orientação e prevenção do câncer de mama, é chegada a hora de um movimento internacional chamado de Novembro Azul, voltado à saúde masculina e à prevenção do câncer de próstata.

novembro-azul

Movimento quer conscientizar os homens sobre os perigos da doença. Foto: iStock, Getty Images

O movimento é uma parceria de diversas instituições ligadas à causa, cujo objetivo é orientar a população masculina sobre a importância do exame de toque retal e PSA para diagnóstico precoce da doença.

Novembro Azul surge para conscientizar a população

Uma das motivações do surgimento do Novembro Azul é a estimativa atual de que o câncer de próstata é mais incidente que o câncer de mama. Além disso, a doença tem um agravante: o preconceito com o exame de toque retal ainda é forte no Brasil.

 

Mais Informações sobre câncer e outras doenças você encontra no Fórum Doutíssima

 

Isso faz com que a estimativa dos institutos de pesquisa da área chegue ao número de que apenas 32% dos homens brasileiros declararam já ter feito o exame. O Novembro Azul é importante para acabar com esse preconceito, pois o diagnóstico precoce é fundamental para as chances de cura do câncer de próstata.

Atualmente, cerca de 30% dos pacientes do SUS são diagnosticados com câncer de próstata já avançado o que diminui as chances de cura da doença – que, se diagnosticada no início, tem uma taxa de 90% de possibilidade de cura.

A ideia é que o movimento consiga, com o passar do tempo, atingir uma dimensão tão grande quanto a atualmente tida no Outubro Rosa. Hoje, centros de referência da mulher recebem as pacientes encaminhadas pelo programa de saúde da família, o que agiliza seu atendimento.

Já o homem, se tiver suspeita de alguma doença, é encaminhado aos ambulatórios de especialidades e aguardará, talvez, meses para ter uma primeira consulta.

Novembro Azul tem apoio da Sociedade Brasileira de Urologia

Para isso, assim como é feito no outubro rosa, a Sociedade Brasileira de Urologia busca trazer à tona o Novembro Azul por meio da iluminação de pontos turísticos em diversas capitais brasileiras. As ações da campanha ainda englobam a distribuição de panfletos em estádios de futebol durante o Campeonato Brasileiro.

Se você é homem, faça sua parte se submetendo ao exame de toque, que é comprovadamente mais eficaz que o exame de sangue. Se você é mulher, dê o seu apoio à causa: mostre aos homens ao seu redor que a vergonha não deve ser em fazer o exame, mas sim em perder para essa doença silenciosa.

O câncer de próstata é a neoplasia maligna mais comum entre os homens e a sua detecção precoce é fundamental para seu tratamento. Em sua fase inicial não há sintomas, por isso a ida anual ao urologista é essencial para o acompanhamento da glândula.

A recomendação, com base nos trabalhos científicos publicados nos últimos anos, é que o exame de toque retal deve ser feito a partir dos 50 anos para homens sem casos na família, e aos 45 anos para homens com casos na família e negros.


Sites parceiros