[the_ad_group id="16403"]
Sexualidade

10 afrodisíacos mais utilizados no mundo

Por Redação Doutíssima 27/05/2013

Pimenta está entre os alimentos afrodisíacos

Todo mundo ouve falar sobre afrodisíacos; desde comidas, a chás, pomadas, rituais… Será que eles funcionam mesmo? Confira a nossa lista dos afrodisíacos mais utilizados no mundo desde os tempos medievais.

O que são afrodisíacos?

Afrodisíacos são elementos que estimulam o desejo sexual e causam alterações no corpo, na mente e na produção de hormônios dos usuários. Cultuados por diversas sociedades há mais de cinco mil anos, os afrodisíacos já eram apontados por povos egípcios, gregos e romanos como substâncias capazes de provocar desejos. Mesmo sem comprovação científica, ainda existe toda uma crença em torno dos afrodisíacos e suas propriedades para apimentar a relação. E não custa tentar, não é verdade?

Pimenta

pimenta

A pimenta aumenta a transpiração, o rítimo cardíaco e a circulação sanguínea, reações semelhantes às provocadas pela relação sexual. A ingestão de grandes quantidades de pimenta pode causar uma irritação dos órgãos genitais e da região urinária que causa sensação semelhante à excitação sexual.

Gengibre

¸ÎÁÅ

Desde a antiguidade considerado como afrodisíaco, seu aroma estimula o sistema circulatório.

Banana

banana

Além da ligação da sua forma à sexualidade, as vitaminas do complexo B e o potássio são necessários para a produção dos hormônios sexuais.

Chocolate

chocolate

O chocolate contém duas substâncias chamadas feniletilamina e serotonina, que causam uma sensação de bem estar. Elas ocorrem naturalmente no corpo e são liberadas pelo cérebro quando estamos felizes ou apaixonados.

– Mel

mel

Na época medieval, as pessoas tomavam hidromel, uma bebida fermentada feita com mel, para aumentar o desejo sexual. O mel é rico em vitaminas do complexo B (necessárias para a produção de testosterona) e em boro (que ajuda o corpo a metabolizar e usar o estrogênio). Alguns estudos sugerem que o mel também pode elevar os níveis de testosterona no sangue.

– Aipo

aipo

O aipo contém as vitaminas A, B, C, P e minerais. É excelente para os músculos e ajuda a liquefação do sangue. Também serve para reduzir o nível de colesterol e ajuda a manter as artérias limpas. Os antigos Romanos dedicavam o aipo ao deus Plutão, deus do sexo e do inferno.

– Cardamomo

cardamomo

É considerado um afrodisíaco poderoso em certas culturas, aplicado especialmente nos casos de impotência sexual. É uma erva aromática rica em eucaliptol, que aumenta o fluxo sanguíneo onde for aplicada.

– Canela

cinamon

Seu cheiro incita a sexualidade. É conhecida pelo poder de seu chá estimulante.

– Mamão

mamao

O mamão contém compostos que agem como o estrogênio feminino. É um remédio popular para provocar a menstruação e a produção de leite, além de facilitar o parto e aumentar a libido das mulheres.

– Manjericão

manjericao

Durante séculos o manjericão é conhecido por estimular o impulso sexual e aumentar a fertilidade, além de melhorar a circulação sanguínea.

 

E aí, que tal uma receitinha com alguns desses afrodisíacos naturais para o jantar de hoje à noite?

 

Fonte: 180 graus


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]