Gestante > Sintomas de Gravidez

Primeiros sintomas de gravidez antes mesmo da interrupção da menstruação – DOUTISSIMA

Por Redação Doutíssima 09/01/2014

Gravidez-sintomas-iniciais

Quais sao os sintomas de gravidez ?

Quando a maioria das mulheres pensa nos primeiros sintomas de gravidez, elas assumem automaticamente que a interrupção da menstruação é o principal sintoma.

Você ficaria surpresa com o fato de que a interrupção da menstruação não é sequer um dos cinco primeiros principais sintomas da gravidez?

No momento em que uma mulher percebe a interrupção da menstruação devido a uma gravidez, pelo menos outros cinco sintomas podem ter surgido, possivelmente semanas antes do período menstrual. Aqui estão cinco dos primeiros sinais de gravidez que podem ser notados por uma futura mamãe sensível. E todos os cinco podem ocorrer muito antes da interrupção da menstruação.

1. Temperatura basal corporal elevada. Primeros sintomas de gravidez

A temperatura basal corporal (a mais baixa temperatura corporal que ocorre durante o repouso) começa a se elevar após a ovulação, e permanece elevada após a sua próxima menstruação esperada. A ovulação ocorre quando um óvulo maduro é liberado do ovário e forçado a descer pelas tubas uterinas e está pronto para ser fertilizado por um espermatozoide.

A implantação de um óvulo fertilizado normalmente ocorre de 6 a 12 dias após a ovulação – que ocorre cerca de duas a três semanas antes do próximo período em que a menstruação deveria ocorrer. Esse aumento de meio a um grau na temperatura corporal basal é um dos primeiros sinais sutis do início de uma gravidez. Essa alteração na temperatura basal do corpo, que é medida por meio de um termômetro especial, mais preciso, pode ocorrer mais cedo, dois dias após a ovulação. E o que pode ser duas semanas antes de você notar a interrupção da menstruação.

2. Sensibilidade nas mamas, Alargamento do mamilo e aumento das mamas.

Alterações e o aumento no inchaço e na sensibilidade das mamas e dos mamilos são um dos primeiríssimos sinais mais clássicos da gravidez. 

Muitas vezes, a mulher pode notar essas mudanças e culpá-las por um sutiã particularmente mal ajustado ou desconfortável ou outra peça de roupa. Mas, a mulher sensível irá notar essas mudanças pelo o que elas são – uma nova vida está começando a crescer dentro dela com a nova gravidez.

Os mamilos, especialmente a área escura ao redor deles, chamada de aréola, é alargada e escurece como antecipação para a amamentação do novo bebê. Estas mudanças se devem quase inteiramente à liberação de hormônios no corpo, tudo na expectativa de sustentar a nova vida ali dentro. Alguns especialistas dizem que o escurecimento da aréola serve a um propósito – ajudar o filho recém-nascido a encontrar mais facilmente o mamilo para a alimentação. Essas alterações nas áreas da mama e do mamilo devem voltar ao normal após o nascimento.

sintomas-gravidez-2

3. Náuseas e vômitos.

Também conhecido como “mal-estar matutino”, esse sinal precoce e desconfortável da gravidez geralmente atinge as mulheres e começa por volta da sexta semana de gravidez, mas, muitas vezes, ocorre mais cedo. Cerca de metade de todas as futuras mamães apresentam o mal-estar matutino, que pode ou não incluir vômitos. Mas, geralmente, sempre apresentam náuseas. Muitas vezes atribuído ao aumento dos níveis de hormônios no organismo, alguns médicos acredita que o mal-estar matutino é um bom sinal de que o bebê está saudável e que está se desenvolvendo normalmente, e de que a gravidez está progredindo bem.

Se o seu mal-estar matutino for acompanhado de vômitos, certifique-se de manter-se hidratada, mantenha os níveis de eletrólitos dentro do normal e descanse bastante e tire uma soneca durante o dia.

4. Constipação.

Outra pista sutil e muitas vezes esquecida da gravidez é a constipação – definida como menos de três evacuações por semana. Quem não fica constipada em um momento ou outro – sem estar grávida?

O nível constante de alterações do hormônio progesterona, que retarda o movimento dos alimentos através de seu sistema digestivo, pode atrapalhar a frequência e tempo das evacuações. Muitas mulheres que estão grávidas, mas não notam isso, pode simplesmente excluir a constipação como um problema não relacionado e irritante. Assim como as mudanças nas mamas, prestar bastante atenção a isso pode realmente significar algo.

como-engravidar-rapido

5. Fadiga e exaustão.

Há uma grande diferença entre fadiga e cansaço. Sentir-se cansada e com sono depois de um longo dia de trabalho é completamente normal e esperado. O sono, que geralmente surge depois do cansaço, é o remédio para um corpo que precisa de descanso, uma vez que o sono permite que o corpo se recupere e esteja pronto para mais um dia duro.

A fadiga, por outro lado, não é uma função corporal normal, e é geralmente um sinal de alguma outra condição. Tecnicamente falando, a fadiga realmente não tem nada a ver com um corpo cansado, assim como o sono normalmente não irá curar a fadiga. A fadiga pode ser um sinal de doença, como certos tipos de câncer, doenças autoimunes e uma série de outras condições – incluindo gravidez. A fadiga também pode ser um sinal claro de um início de gravidez, ocorrendo, geralmente, durante o primeiro trimestre e, muitas vezes, parcialmente atribuída a um dramático aumento no nível do hormônio progesterona. A gravidez também pode fazer uma enorme pressão sobre todas as funções corporais – não é de admirar que você possa se sentir totalmente exausta antes do final do dia.

Você está sentido um ou mais desses sintomas de início de gravidez? Se você tiver mesmo a menor ideia de que possa estar grávida, compre um teste de gravidez de farmácia na farmácia mais próxima e faça um teste. Então, você irá saber com certeza e, se der positivo, você poderá, então, informar seu médico e começar a cuidar de seu novo bebê.


Sites parceiros