Filhos

O primeiro mês do seu bebê

Por Redação Doutíssima 27/01/2014

Seu bebê este mês

1ª Semana:

 A contagem para a chegada do bebê começa esta semana. O único aspecto é que não há nenhum bebê à vista ou dentro. Então, por que chamar esta de 1ª semana da gravidez?

Eis a resposta. É extremamente difícil especificar o momento preciso de quando o esperma encontrou o óvulo (o esperma do seu parceiro pode ficar muitos dias no seu corpo antes dos seus óvulos saírem para lhe dar as boas vindas, e o seu óvulo pode esperar um dia para o esperma aparecer).

O que não é difícil determinar, no entanto, é o primeiro dia do seu último período menstrual, que permite ao médico utilizá-lo como ponto de partida inicial padrão para a sua gravidez de 40 semanas. O resultado deste sistema de datas (além de um grande potencial para confusão)? Você começa a contar em duas semanas da sua gestação de 40 semanas antes mesmo de ficar grávida?

 

2ª Semana:

Não, nada de bebê ainda. Mas o seu corpo não está fazendo uma pausa esta semana. Na verdade, ele está trabalhando muito aumentando a velocidade para a grande O – ovulação.

O revestimento do seu útero está engrossando e os seus folículos ovarianos estão amadurecendo, alguns mais rápido do que outros, até que um se torne dominante, destinado à ovulação. E esperando esse folículo dominante está um óvulo ansioso (ou dois, se você estiver prestes a conceber gêmeos fraternos) com o nome do seu bebê nele, pronto para explodir e começar sua jornada a partir de uma única célula para um(a) vigoroso(a) menino ou menina.

Mas, primeiro ele terá de viajar para a sua trompa de Falópio em busca do Esperma Certo – o esperma sortudo que fechará o negócio.

 

3ª Semana:

Parabéns – você engravidou! O que significa que o seu futuro bebê já começou sua transformação milagrosa de uma única célula para um bebê totalmente formado, menino ou menina, para abraços e beijos. Em horas, após o esperma encontrar o óvulo, a célula fertilizada se divide, e então continua a se dividir (e se dividir).

Em questão de dias, o seu futuro bebê transformou-se em uma bola microscópica de células, cerca de um quinto do período no fim desta sentença. O blastocisto, como é conhecido agora, começa sua jornada na trompa de Falópio para o seu útero que está esperando. Apenas oito meses e meio – mais ou menos – de espera!

 

4ª Semana:

É hora da implantação! Essa bola de células, que logo você chamará de bebê, apesar de agora se chamar embrião, chegou ao seu útero e está se fixando à parede uterina, onde ele ficará ligado a você até o parto.

Uma vez que tenha se fixado firmemente à parede uterina, a bola de células sofre a grande divisão, dividindo-se em dois grupos. Metade se tornará o seu filho ou a sua filha, enquanto que a outra metade se transformará na placenta, a linha da vida do seu bebê durante a sua estada uterina. E mesmo que agora seja apenas uma bola de células, não subestime o seu pequeno embrião, ele já percorreu um longo caminho desde os dias do blastocisto.

A bolsa de líquido amniótico, também conhecida como bolsa d’águas, está se formando, assim como o saco vitelino, o qual, mais tarde, será incorporado ao trato digestivo em desenvolvimento do seu bebê.

Cada camada do embrião, agora com três, está começando a evoluir em partes especializadas do corpo. A camada interna, conhecida como a endoderme, evoluirá no sistema digestivo, fígado e pulmões do seu bebê. A camada do meio, chamada de mesoderme, logo será o coração, órgãos sexuais, ossos, rins e músculos do seu bebê. A camada externa, ou ectoderma, acabará formando o sistema nervoso, cabelo, pele e olhos do seu bebê.


Sites parceiros