Qualidade de vida

Confira 4 técnicas de relaxamento que podem fazer maravilhas por você

Por Redação Doutíssima 14/09/2014

Para muitos de nós, relaxar significa passar algum tempo na frente da TV, sentados no sofá, ao final de um dia estressante. Mas isto não ajuda a reduzir os efeitos prejudiciais do estresse. Para combater as tensões do dia a dia, é preciso utilizar alguma das técnicas de relaxamento que garantem um descanso completo do corpo e da mente.

relaxamento

Praticar métodos de relaxamento ajuda a melhor sua saúde. Foto: Shutterstock

Existe uma variedade de diferentes técnicas de relaxamento que ajudam a trazer equilíbrio para o seu sistema nervoso, produzindo bem-estar – o que não conseguimos durante horas no sofá ou dormindo – em um processo mental ativo que deixa o corpo relaxado, calmo e focado.

 

Mais dicas de técnicas de relaxamento no Fórum Doutíssima 

 

Pequenos períodos de relaxamento ajudam

Aprender estes métodos não é difícil, mas é preciso prática. A maioria dos especialistas recomendam de 10 a 20 minutos diários, e algumas delas você pode fazer durante o almoço ou no ônibus. Conheça 4 técnicas de relaxamento para você incluir na sua rotina.

Técnicas de relaxamento

1. Controle da respiração

Um dos sintomas da ansiedade é a respiração superficial. Por isso, é comum bocejarmos ou suspirarmos mais que o normal quando estamos com sintomas de ansiedade. Uma das técnicas de relaxamento que você pode fazer em qualquer lugar é o controle da respiração.

Para começar, inspire pelo nariz em vez da boca. Respire profundamente várias vezes. Observe como o abdômen aumenta na inspiração. Faça duas inspirações profundas pelo nariz, seguidas por suaves exalações pela boca.

2. Respiração diafragmática

Esta técnica necessita de um pouco mais de treinamento e de um lugar tranquilo, onde você possa se ​​concentrar para a sua realização. Para isso, fique em uma posição confortável e tente relaxar os músculos.

Coloque uma mão em seu peito e a outra em seu estômago. Inspire lentamente pelo nariz, levando o ar ao seu estômago – a mão no peito deve ficar imóvel. Depois, expire lentamente pela boca. Repita este exercício várias vezes.

3. Mente em branco

Isso parece impossível, já que os pensamentos surgem sem a gente perceber. Tente usar esta técnica junto com outra de respiração, pois vai ajudar nessa missão. Para esta técnica, você precisa escolher um dos exercícios de respiração sugeridos.

Enquanto você está fazendo o exercício, concentre-se apenas em sua respiração. Conte cada vez que você inspira lentamente até chagar no número cinco. Se um pensamento passar pela sua cabeça, comece a contar a partir do zero.

4. Treinamento autógeno

Uma das técnicas mais utilizadas em terapias psicológicas, mas você pode fazer uma versão simplificada deste exercício que usa a autossugestão. Escolha um lugar confortável e tranquilo, onde você não vá se distrair.

Feche os olhos e respire profundamente. Cada vez que exalar o ar, repita mentalmente:  “Estou relaxado e mais calmo”. Fixe sua mente em sua perna direita e concentre-se em seu calor. Depois, diga mentalmente “a minha perna direita está relaxada”.

Quando o membro está relaxado, passe para a perna esquerda e repita o exercício. Depois, repita o mesmo processo com o abdômen, braços e pescoço. Quando o pescoço está relaxado, faça o mesmo com a cabeça, sempre repetindo “minha cabeça está clara”.

Neste momento, todo o seu corpo deve ser mergulhado em um estado de relaxamento profundo. Respire antes de abrir os olhos e, antes de se levantar, faça um alongamento.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros