[the_ad_group id="16401"]
Zen

Exercícios de respiração: por que respirar corretamente melhora a qualidade de vida?

Por Redação Doutíssima 12/06/2014

Imprimir na sua rotina exercícios de respiração profunda e correta é fundamental para a obtenção do bem-estar e para conquistar uma melhor qualidade de vida. Porém, em função da correria, da tensão, da ansiedade e pressão vivida diariamente, o simples ato de inspirar e expirar de forma correta nem sempre é uma tarefa fácil de ser colocada em prática.

Benefícios dos exercícios de respiração

Sem a prática de exercícios de respiração, estas tensões emocionais do dia a dia podem causar contrações musculares. O simples fato de oxigenar o corpo relaxa os músculos e permite que as emoções sejam mais facilmente administradas.

exercícios de respiração

Inspirar e expirar de forma correta ajuda a enfrentar a correria do dia a dia. Foto: Shutterstock

Por meio de uma respiração eficiente, alcançada com a prática de exercícios de respiração, é possível alcançar o relaxamento físico e a desaceleração do coração. O ato de respirar também está associado à liberação de hormônios responsáveis pela sensação de bem-estar, como a endorfina e a serotonina.

Além de relaxar e acalmar, os exercícios de respiração, quando feitos corretamente, ajudam ainda na desintoxicação sanguínea, pois a atividade respiratória permite a entrada de oxigênio e sua circulação por todo o organismo.

Como praticar exercícios de respiração

Estima-se que a maioria da população não pratica exercícios de respiração e utiliza apenas 10% de sua capacidade pulmonar. Respirar de forma correta consiste em utilizar toda a plenitude pulmonar, ou seja, tanto a parte baixa, quanto a parte média e a superior.

Para isto, é preciso ter consciência de como funciona a sua respiração: se ela se dá pelo abdômen ou pela parte alta dos pulmões. Se você quer saber se está respirando corretamente, coloque a mão sobre o abdômen e observe sua movimentação.

Uma respiração completa exige bastante movimentação do abdômen. Já o contrário mostra que a sua respiração está alta, superficial e curta, o que favorece o desencadeamento do estresse e da ansiedade.

Para incorporar os exercícios de respiração ao seu cotidiano, procure inspirar expandindo o abdômen. Na sequência, afaste costelas e, por último, leve o tórax para o alto. Ao exalar, esvazie primeiro a parte superior dos pulmões. Logo em seguida, aproxime as costelas e, finalmente, contraia a barriga.

Outros exercícios de respiração

Outro dos exercícios de respiração é a diafragmática em shavasana. Para praticá-la, deite confortavelmente sobre uma superfície firme, com os pés um pouco afastados e os braços ao longo do corpo, palma das mãos para cima.

Deixe o ar entrar e sair com suavidade pelo nariz, apoiando uma de suas mãos sobre o peito, procurando deixá-la o mais imóvel possível. Busque deixar a outra mão descansando abaixo das costelas, na região do baixo abdômen. Feito isto, imagine seu diafragma como uma bexiga, que infla na inspiração e esvazia na expiração.

O método Bramari também é um dos exercícios de respiração. Nele, você senta em uma cadeira, inspira pelas duas narinas e, ao expirar, solte os músculos da boca e tente reproduzir o zumbido de uma abelha.

Também é alternativa o método Nadi Shodana. Fique sentado de forma ereta e coloque o dedo médio e o indicador da mão direita no ponto entre as sobrancelhas. Expire pelas duas narinas, tampe a narina direita com o polegar e inspire apenas pela esquerda. Logo em seguida, tampe a esquerda com o dedo anular e solte o ar pela direita. Depois, inverta a posição dos dedos e complete o ciclo. O indicado é que se façam 12 ciclos.

 

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!

 

Saiba mais:

Desaceleração da rotina das crianças: saiba mais

Ansioso demais? Psicólogos dão a dica para saber quando é hora de procurar ajuda contra a ansiedade

Como controlar o nervosismo

Por uma vida mais tranquila: conheça os alimentos funcionais que ajudam a combater a ansiedade

Como meditar deitado

Os benefícios da meditação

Guia da meditação em 3 minutos


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]