Enfim, a estação mais fria do ano chegou ao fim. Está na hora de voltar a usar peças leves e deixar os blusões e jaquetas para o próximo ano. Você sabe como guardar roupas de inverno sem que estraguem? Confira dicas de lavagem e organização para conservá-las por mais estações.

4 dicas de como guardar roupas de inverno

Com o fim do inverno, muitas pessoas apenas deixam o que vestiram no frio lá no fundo do armário. Peças guardadas de maneira imprópria podem criar mofo, acumular sujeira, cheirar mal e atrair traças, que na maioria das vezes destroem os tecidos por inteiro.

como guardar roupas de inverno istock getty images doutíssima
Roupas guardadas de maneira imprópria nos armários podem criar mofo. Foto: iStock, Getty Images

 

 1. Deixe as roupas “respirarem”

Com a falta de ventilação, limpeza e até mesmo luz, as peças acumulam poeira, resíduos de pele e suor, principais fatores que favorecem o aparecimento de ácaros. Estar com o ar dentro de casa sempre circulando, tirar as roupas um pouco do armário, deixar no sol e no vento são medidas que podem reduzir a proliferação dos aracnídeos.

Além disso, os ácaros são responsáveis também por causar alergias e problemas respiratórios. Tapetes, bichos de pelúcia, almofadas, travesseiros e roupas de cama muitas vezes ficam meses sem serem lavados, o que provoca o acúmulo de milhares desses bichinhos indesejados.

 

2. Dê atenção às peças de couro

Casacos, calças, jaquetas e luvas de couro não são caros por acaso. Valorize o quanto você gastou nas peças e tenha cuidado com elas durante e após o inverno. Apesar de não estarem em uso, devem ser lavadas periodicamente, além de colocadas em cabide para não amarrotar.

 

3. Armazene roupas de cama corretamente

Mesmo que você não precise mais de edredons e cobertores pesados, cuide também a limpeza e armazenagem. Os chamados TNT (tecido não-tecido) permitem a proteção e ventilação das roupas de cama.

Se tiver condições, mande-as para uma lavanderia para poupar sua máquina de lavar do peso e volume em grande escala. Uma periodicidade de três meses é o suficiente para mantê-las higienizadas.

 

4. Limpe e guarde corretamente os sapatos

 

Além de ocupar espaço, os sapatos de inverno demandam uma atenção especial devido ao material de origem, como o couro e a camurça, em muitos casos. Você pode retirar o pó com panos flanelados de microfibra e esponjas.

Caso não seja possível guardá-los de forma organizada na sapateira ou em suas caixas de papelão, use papel celofane para proteger bicos e fivelas. Após limpar os sapatos, deixe-os expostos em ambiente arejado e repita o processo pelo menos uma vez ao mês.

Desapegue do que não usa mais

Agora que você sabe como guardar roupas de inverno, olhe para o seu armário e reflita sobre o que você realmente usa e precisa. Lembre-se que o inverno é a estação mais fria do ano e que muitos não tem o que vestir.

Faça uma triagem e se desfaça do que está sobrando, afinal, além de fazer uma boa ação, você abre espaço para peças novas. Na hora de separar, não escolha aquelas roupas que estão rasgadas, manchadas ou puídas. Nesses casos, o melhor é jogar fora e eleger as que ainda podem ser usadas por outra pessoa.

Se você tem uma peça que não usa há mais de dois anos, talvez esteja na hora de desapegar, pois provavelmente não a usará em outro momento. Verifique locais que aceitem e distribuem roupas. Procure conhecer o tipo de trabalho que a instituição faz, como atua e se realmente doa.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!