Receitas

Conheça e aprenda a fazer 5 receitas do Mato Grosso

Por Redação Doutíssima 15/11/2014

A região do Centro-oeste nem sempre tem o devido espaço nos noticiosos do país, com exceção de matérias sobre sua forte produção de grãos, como soja e milho, ou pelo seu famoso banhado de água doce, o Pantanal.

A verdade é que ambas as referências também são influência na culinária dos três estados que compõem a região. Nas receitas do Mato Grosso,o pacu, peixe típico do Pantanal, é preparado de diversas maneiras, assim como o pequi, um fruto cujo nome vem do Tupi e significa “pele espinhenta”.

receitas-do-Mato-Grosso

Furrundu leva mamão verde e é uma ótima dica de sobremesa. Foto: iStock, Getty Images

5 receitas do Mato Grosso com o gosto do cerrado brasileiro

– Salada de Pacu Seco

O pacu é um dos peixes mais apreciados na culinária local e parte de grande parte das receitas do Mato Grosso. Abundante pelas águas do estado, este peixe pode ser servido frito, ensopado e até como salada.

Para isso, cozinhe por 15 minutos, na panela de pressão, 400 gramas de feijão branco com água e sal. Reserve. Limpe meio quilo de pacu seco dessalgado com limão e corte-o em pedaços. Cozinhe por 10 minutos. Em uma travessa, misture o pacu, o feijão, dois ovos cozidos e picados, cebola, tempero verde e azeite de oliva. Simples assim!

– Furrundu

O Furrundu é uma das clássicas receitas do Mato Grosso e muito apreciada nos almoços de domingo como sobremesa. Para prepará-la, rale três mamões verdes – lave bem para não ficar nenhum resíduo do leite do mamão.

Leve ao fogo com duas rapaduras, gengibre, cravo e canela. Cozinhe em fogo brando, mexendo sempre até aparecer o fundo da panela. Dica: sirva com queijo!

– Costelinha com pequi

O pequi é um fruto típico do cerrado e muito usado nas receitas do Mato Grosso. O sabor perfumado combina muito bem com costelinha de porco e uma boa cachaça – outra iguaria da região.

Modo de preparo: Corte 1 quilo de costelinha de porco e tempere com sal, alho e pimenta-do-reino. Em seguida, frite numa panela grande. Escorra o óleo e acrescente cebola e tomate picados, a água e pequis. Tampe a panela e deixe cozinhar de 15 a 20 minutos. Desligue e salpique com tempero cheiro verde a gosto.

– Farofa de banana

Corte 4 bananas da terra maduras em pedaços e frite no óleo quente. Escorra o óleo e junte 2 colheres de manteiga. Em seguida vá colocando aos poucos farinha de mandioca. Tempere com sal a gosto. Sirva como acompanhamento com qualquer prato. Melhor se tiver feijão!

– Mojica de Pintado

O pintado, assim como o pacu, é um dos peixes que mais aparecem nas receitas do Mato Grosso. Versátil, o pintado serve bem em qualquer ocasião. Uma receita fácil é a Mojica de Pintado.

Modo de preparo: tire a pele de 1 quilo de pintado, corte em cubos e tempere com cebola, alho, suco de limão, sal, ½ xícara de água. Cubra a bacia com filme plástico e deixe descansar por 1 hora. Em fogo alto coloque óleo, cebola, alho e doure levemente.

Em seguida acrescente tomate, sal e cozinhe mexendo até obter uma pasta. Junte esse molho à marinada de pintado. Misture bem e cozinhe por cerca de 10 minutos ou até ficar macio, acrescentando água quente aos poucos. Para servir, acrescente tempero verde.

 

 


Sites parceiros