[the_ad_group id="16403"]
Sintomas de Gravidez

Câimbra na gravidez é comum: veja as causas e o tratamento

Por Redação Doutíssima 19/12/2014

Um problema que afeta pessoas de todas as idades, ataca com frequência as futuras mamães. As câimbras na gravidez não indicam, necessariamente, algo errado e podem ter diferentes causas. Esse problema significa uma contração involuntária e repentina do músculo. É mais frequente após a prática de exercícios ou durante a noite.

 

No caso das grávidas, as câimbras são mais frequentes entre o 2º e 3º trimestre. Além de atacar especialmente coxas, pernas, pés e panturrilhas, as câimbras na gravidez podem ocorrer na musculatura da barriga e nas costas.

 

câimbra na gravidez

Câimbras são comuns na gestação, mas requerem atenção

 

Causas da câimbra na gravidez

Entre os principais motivos para as câimbras na gravidez, estão: problemas circulatórios; falta de vitaminas como potássio e cálcio; excesso de peso, falta de exercícios físicos e manter-se muito tempo na mesma posição, seja em pé, sentada ou deitada.

 

A falta de nutrientes específicos também pode provocar o chamado distúrbio hidro-eletrolítico, que está relacionado a vômito constante e persistente e também a câimbra na gravidez.

 

Este distúrbio ainda pode causar parto prematuro e desidratação, por isso os sintomas devem ser avaliados e relatados ao seu médico de confiança.

 

Como evitar câimbra na gravidez

Manter-se hidratada é o primeiro passa para o fim da câimbra na gravidez. A alimentação saudável e balanceada é indispensável para o bem-estar da gestante, desenvolvimento do feto e também para evitar as câimbras.

 

Alimentos ricos em potássio e cálcio devem estar sempre presentes na dieta. Algumas sugestões são leite e seus derivados e também tomate e banana.

 

As mamães devem evitar o consumo de alimentos industrializados e ricos em sódio como salgadinhos, enlatados, embutidos e refrigerantes. Estes alimentos além de ajudarem a inchar, possuem excesso de fósforo e favorecem as câimbras.

 

Aposte nos alimentos ricos em fibras como os cereais integrais, folhas verdes que possuem magnésio e grãos. Exercícios leves e específicos para gestantes também devem estar na sua rotina. Caminhadas, pilates para grávidas, hidroginástica para gestantes, entre outros.

 

Opções para manter-se em movimento com cautela não faltam. Sempre lembrando de consultar o médico sob a melhor opção para o seu tipo físico e evolução da sua gravidez.

 

Sapatos de salto alto devem ser evitados ao máximo. Se for usar, não fique muito tempo com eles. O mesmo vale para calçados não confortáveis e apertados, como os de bico fino. Há diversos modelos bonitos e confortáveis que podem fazer as vezes do salto.

 

Evite ficar muito tempo sentada, especialmente se tem o costume de ficar com as pernas cruzadas. A posição prejudica a circulação e favorece as câimbras na gravidez. Se trabalha sentada, lembre-se de se levantar de vez em quando e dar uma caminhadinha.

 

A postura que você fica na cadeira, olhando TV ou qualquer atividade onde você permaneça algum tempo na mesma posição interfere nas câimbras. Procure manter a coluna reta e os pés apoiados no chão.  Para dormir, uma boa dica para evitar o problema é dormir os pés um pouco elevados por um travesseiro ou almofada. A posição favorece a circulação.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!.


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]