Medicina Alternativa

Cisto no ovário: aprenda a fazer remédios caseiros

Por Redação Doutíssima 13/01/2015

O cisto no ovário é um crescimentos anormal, uma espécie de bolsa repleta de líquido, que se forma dentro ou nas proximidades dos ovários. Sua ocorrência é normal ao longo da idade fértil de uma mulher, e se torna menos frequente a partir da menopausa. Na maioria das vezes, o cisto no ovário é benigno.

 

cisto no ovário

Remédios caseiros aceleram a eliminação de um cisto. Foto: iStock, Getty Images

 

Saiba mais sobre o cisto no ovário

 

O ciclo de um cisto costuma durar entre oito e 12 semanas – período no qual os médicos desaconselham o uso de medicamentos. Depois disso, ele tende a desaparecer. Em casos extremos, pode ser necessário realizar uma cirurgia para retirada dos cistos. Esta avaliação é feita pelo ginecologista.

Mas se você quiser dar uma “ajudinha”, pode tratar o cisto de forma natural. Existem opções de receitas caseiras, que podem reduzir o tamanho destas bolsas e até mesmo eliminá-las, sendo muito úteis para o alívio de sintomas como as dores pélvicas.

 

Remédios caseiros para eliminar cisto no ovário

 

Um desses remédios, considerado o mais eficiente, é o chá de casca de quixaba, uma planta medicinal com eficientes propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes, que alivia sintomas como dor na região pélvica.

Mas essa solução não deve ser administrada em mulheres com diabetes, pois a quixaba provoca a diminuição dos níveis de açúcar no sangue, o que torna este chá contraindicado para as mulheres dependentes de insulina.

Esse remédio caseiro também não deve ser utilizado no tratamento de cistos resultantes de câncer ou de outras doenças complexas. É importante ter um diagnóstico preciso antes de fazer qualquer tratamento.

No preparo do chá de quixaba é utilizada uma colher (sopa) de casca que quixaba em meio litro de água. Misture a casca do chá na água e leve para ferver. Depois de fervida, deixe amornar, coe e beba até duas xícaras do chá por dia. Você vai ver um resultado surpreendente no tratamento do seu cisto no ovário.

Outras plantas também podem ser utilizadas para o tratamento do cisto no ovário. Ervas como o dente-de-leão, cardo-mariano, trevo vermelho, acteia ou erva-de-são-cristóvão, raiz de maca, raiz de inhame selvagem e raiz de ginseng feminina são opções de chás que podem ser administrados contra este mal.

Além disso, o óleo de rícino (óleo de mamona) também é outra boa opção. Ele é um ácido graxo insaturado que possui a capacidade de dissolver o cisto no ovário. Ele é bastante eficiente na cura de um cisto que tenha se rompido e alivia a dor, um dos mais inconvenientes sintomas deste mal.

O óleo deve ser aplicado na parte externa, sobre a pele, na zona onde o cisto está localizado. Depois de absorvido, ele auxilia na circulação sanguínea, favorecendo ainda a liberação das toxinas.

A dieta da mulher também tem influência no desenvolvimento dos cistos ovarianos. É preciso tomar cuidado com os alimentos ricos em hidratos de carbono ou estrogênio, pois eles podem ser  os responsáveis pelo desenvolvimento dos cistos.

 

Tipo de cistos

 

O cisto folicular surge quando o óvulo não consegue sair do folículo. Quando isto acontece, o líquido continua dentro do folículo, originando a bolsa. Outro tipo de cisto é o de corpo lúteo, que surge depois do óvulo ter sido libertado de um folículo. Geralmente, este tipo tem no seu interior uma pequena quantidade de sangue.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros