[the_ad_group id="16403"]
Medicina Alternativa

Conheça os benefícios medicinais da arnica

Por Redação Doutíssima 24/12/2014

Se você conhece a medicina homeopática, já deve ter ouvido falar das maravilhas associadas à arnica. Devido as suas maravilhosas propriedades, a planta é um ingrediente ativo muito usado em shampoos, géis, tônicos e tinturas.

 

Saiba mais sobre a arnica

 

A arnica é, basicamente, uma erva perene pertencente à família do girassol, que produz flores amarelo alaranjadas que se assemelham a margaridas. Estas flores frescas ou secas são utilizadas em preparações homeopáticas para o tratamento de várias condições de saúde. As flores também podem ser utilizadas na sua forma bruta. A raiz da planta, por sua vez, contém um vasodilatador eficaz, bem como agentes antibacterianos e fungicidas.

 

arnica

Arnica é uma planta que proporciona uma série de benefícios à saúde. Foto: iStock, Getty Images

Além disso, essa planta fantástica contém outras substâncias ativas que a tornam ainda mais eficaz em diversas funções. Entre elas, estão óleos voláteis, carotenoides, flavonoides, ácido cafeico, insulina e sacarose.

Com isso, ela atua como um germicida, anti-inflamatório, antibacteriano e descongestionante, bem como antifúngico. Não bastasse isso, energiza o desenvolvimento dos tecidos granulares e, portanto, acelera o processo de recuperação.

Confira quais são as condições de saúde que você pode ajudar a tratar com a planta e veja porque ela pode ser tão eficaz.

 

Benefícios da arnica

 

Artrite

Um estudo feito em 2002, com 79 adultos com problemas de artrite, mostrou que o uso tópico de gel de arnica ajudou na redução substancial na dor, bem como na maior rigidez das articulações. Eles usaram a o gel duas vezes por dia, durante seis semanas.

Ação antibacteriana

A planta possui ação antibacteriana, o que a torna eficaz para muitos tratamentos de pele. Entre eles, acne, queimaduras, lábios, narinas inflamadas, eczema e úlceras. Todas estas condições podem ser tratadas com a planta.

Inchaço

Muitos problemas de saúde levam à inflamação ou irritação. Usando a arnica na região afetada, é possível oferecer rápido conforto de curto prazo no inchaço. Isso provavelmente vai reduzir a dor e diminuir a inflamação completamente em pouco tempo.

Para quem busca a cura de uma condição mais grave, é possível usar o extrato líquido da planta ou ainda uma cápsula com seus compostos, disponível em lojas de produtos naturais.

 

Diarreia

A planta não foi efetivamente analisada em pesquisas quanto aos seus resultados sobre a diarreia, mas existem indícios que ela pode, eventualmente, tratar essa condição em crianças.

Estrias

Usar diariamente o extrato de arnica sobre a pele reduz o aparecimento de estrias relacionadas com a gravidez. Tudo que você precisa fazer é aplicar suavemente o gel da planta pelo menos quatro vezes por dia.

Perda de cabelo

O uso de extrato de arnica rejuvenesce o seu couro cabeludo e estimula os folículos pilosos, ajudando a fortalecer o cabelo e impedindo que ele caia prematuramente. A planta é combinada com outros ingredientes, como a calêndula e o jaborandi, tornando o cabelo muito mais macio e sedoso.

Problemas bucais

Qualquer pessoa pode recorrer à esse produto natural quando sentir dor em seus dentes, sangramento ou até mesmo dores nas gengivas. As propriedades antibacterianas e antimicrobianas são as propriedades responsáveis pelo seu benefício à saúde oral. Bochechos com arnica tratam infecções bacterianas na boca, curam doenças como gengivite e reduzem a dor dente do siso.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]