[the_ad_group id="16401"]
Guia do Câncer

Manchas e pintas podem ser sintomas de câncer de pele

Por Redação Doutíssima 01/05/2015

Você sabe reconhecer os sintomas de câncer de pele? O Instituto Nacional do Câncer (Inca) alerta: o câncer de pele do tipo não melanoma será o câncer mais incidente na população brasileira em 2015. Por isso, é importante ficar atento a todos os possíveis sintomas, seu tratamento e os métodos mais eficazes de prevenção.

 

Em 2014, o Inca estimou o surgimento de 182.130 casos de câncer de pele não melanoma entre os brasileiros. Quanto ao melanoma, que tem alto indíce de letalidade, mas incidência mais baixa, a previsão era de 5.620 novos casos no ano. Saiba mais sobre a doença:

sintomas de cancer de pele

Evitar exposição em excesso ao sol é uma maneira para prevenir de câncer de pele. Foto:iStock, Getty Images

Quais os tipos de câncer de pele

Existem, basicamente, três tipos de câncer de pele: carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e melanoma. Ambos os carcinomas são considerados câncer de pele do tipo não melanoma, e ocorrem principalmente em pessoas de pele clara e a probabilidade de surgimento aumenta com a idade.

O carcinoma basocelular (CBC) é o tipo mais comum e os sintomas de câncer de pele desse tipo aparecem geralmente em áreas de alta exposição solar como rosto, orelhas, ombros, couro cabeludo e costas. A exposição excessiva ao sol é a principal causa dessa enfermidade

Já o carcinoma espinocelular (CEC) é o segundo tipo de câncer de pele mais comum. Os sintomas de câncer de pele desse tipo podem aparecer em qualquer parte do corpo, mas são mais comuns nas áreas que ficam mais expostas ao sol. O CEC é duas vezes mais comum em homens do que mulheres.

O melanoma é o tipo menos comum de todos, porém é o de pior prognóstico e tem o maior índice de mortalidade. Apesar de assustador, o diagnóstico precoce do melanoma leva o paciente a ter 90% de chances de cura.

Quais são os sintomas de câncer de pele

Os principais sintomas de câncer de pele do tipo não melanoma são feridas que não curam ou não fecham.

Verrugas que crescem, lesões sensíveis e que sangram facilmente também podem representar sintomas de câncer.

Já o melanoma apresenta como sintomas manchas escuras e enegrecidas, como pintas ou sinais.

O que fazer ao identificar um dos sintomas

Ao detectar qualquer um dos sintomas mencionados acima é fundamental procurar um médico com urgência.

O diagnóstico precoce em qualquer caso de câncer aumenta as chances de cura da doença e diminui a probabilidade de tratamentos altamente invasivos.

Sintomas de câncer de pele: prevenção

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) indica que evitar a exposição ao sol em excesso e proteger a pele dos efeitos da radiação são consideradas as melhores maneiras para prevenir o aparecimento de melanoma e outros tipos de tumores na pele.

Além do protetor solar, use um chapéu ao se expor ao sol. Os raios UV também atingem a região do couro cabeludo, podendo causar lesões e câncer.

Evitar os horários de maior incidência solar e visitar um dermatologista ao menos uma vez ao ano são outras atitudes que podem prevenir o aparecimento de câncer de pele.

Os grupos de maior incidência no aparecimento de qualquer um dos sintomas de câncer de pele são pessoas de pele muito clara ou clara, cabelos claros ou ruivos e que apresentam sardas. No entanto, todos devem se prevenir.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]