[the_ad_group id="16401"]
Exercícios

Hidrobike é alternativa saudável para entrar em forma

Por Redação Doutíssima 04/07/2015

No mundo fitness, uma combinação de exercícios está rapidamente ganhando popularidade. A hidrobike é um treino que junta dois grandes aliados de quem gosta de exercícios: a água e o ciclismo.

 

Essa nada mais é do que uma aula de ciclismo indoor, que você faz em uma piscina. A partir dela, é possível ter os benefícios das duas modalidades, que incluem celulite reduzida, baixo risco de lesão e melhoras no sono.

hidrobike

Exercício com bicicleta sem rodas na piscina promove ganho de força muscular. Foto: iStock, Getty Images

 

O que é a hidrobike?

Esse tipo de treino pode ser encontrado com vários nomes, como hidrobike, aquaspinning, aquabike etc. Todos eles se relacionam ao mesmo conceito, que teve origem na Itália como um tipo de reabilitação atlética.

 

Um fisioterapeuta descobriu que pedalar debaixo d’água efetivamente ajudou na recuperação de atletas que haviam sofrido uma lesão no joelho. Em seguida, a técnica de reabilitação cresceu e se tornou uma mania do mundo fitness. É um método fácil de aprender e principalmente seguro.

 

Ao contrário das bicicletas regulares e fixas, as bicicletas dessa modalidade não possuem rodas, engrenagens ou botões. Ao invés disso, elas repousam no chão da piscina e usam a água na altura da cintura para a criar resistência – quanto mais rápido você pedala, mais difícil fica.

 

Por isso, se você está acostumado a pedalar em uma bicicleta comum ou faz ciclismo indoor, essa experiência é diferente em razão da flutuabilidade.

 

Quais são os benefícios da hidrobike para o corpo?

Muitas academias estão aderindo à modalidade em razão de seus inúmeros benefícios. Entre eles, a possibilidade de queimar até 800 calorias em apenas uma hora de aula.

Além disso, a hidrobike provoca um atrito entre água e pele, criando uma “massagem” que ajuda a estimular e drenar o sistema linfático – e por isso é recomendada como uma solução em potencial para acabar com a celulite.

 

Pessoas com osteoporose também podem se beneficiar dos exercícios na água. Um estudo da Escola de Saúde Pública e Cuidados Primários da Universidade Maastricht, na Holanda, concluiu que um circuito aquático que inclui a bicicleta é benéfico para pacientes com osteoartrite do joelho. Os participantes do levantamento relataram redução da dor após o exercício.

 

O empuxo da água ainda ajuda na prevenção de lesões e quedas. Não bastasse isso, a hidrobike é capaz de melhorar a aptidão cardiovascular, auxiliar no aumento da força muscular, estimular a construção de força óssea e influir positivamente no equilíbrio.

Tudo isso sem colocar qualquer estresse adicional sobre as articulações e os ossos. Aliás, como é um exercício livre de impacto, é indicado para todos os tipos de pessoas, independentemente do nível de aptidão.

 

A temperatura é outro bônus. Normalmente, as pessoas começam a suar ao pedalar, e a água refrescante da piscina ajuda a regular a temperatura do corpo e evitar o superaquecimento e a queda de desempenho.

No geral, a hidrobike oferece benefícios prolongados muito tempo depois do exercício. Alguns dos reflexos que podem ser vistos são aumento de fluxo sanguíneo, circulação e capacidade respiratória, promovendo grandes vantagens para a saúde em geral. Além disso, o ambiente tranquilo reduz o estresse, relaxa os músculos e promove o sono saudável.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]