Motivação

Dia Mundial sem Carro: deixe o veículo na garagem e colabore

Por Redação Doutíssima 22/09/2015

Já pensou em, pelo menos por um dia, deixar o carro em casa e ir para o trabalho, faculdade ou qualquer outra atividade a pé, de bicicleta ou de ônibus? O 22 de setembro é o Dia Mundial Sem Carro, uma data que alerta para os danos causados pelos automóveis.

História do Dia Mundial Sem Carro

Criada na França, ao longo dos anos a data do Dia Mundial sem Carro foi sendo disseminada entre países ao redor do mundo. Em alguns locais da Europa, a semana em que cai o dia 22 de setembro é repleta de programações que visam alertar sobre os riscos do uso do carro para o meio ambiente e para a qualidade de vida das cidades.

dia mundial sem carro

Troca do carro pela bicicleta ajuda a diminuir a poluição e melhora a qualidade de vida. Foto: iStock, Getty Images

A ideia central da data é que as pessoas percebam que há outros jeitos de se locomover e percebam que um carro nem sempre é estritamente necessário. Cada vez mais, as grandes cidades no Brasil estão investindo em ciclovias, um incentivo para um meio de transporte alternativo e que ainda promove a saúde.

Outra opção é usar o transporte público. Esse também polui, mas em menor escala se levado em conta que é comum que o trânsito esteja cheio de carros com apenas o motorista enquanto outros quatro assentos estão livres. Fazer essa troca também é benéfico para a diminuição de engarrafamentos causados pelo excesso de veículos em vias que não suportam a demanda.

O Dia Mundial sem Carro pode mostrar que as alternativas existem e podem trazer muitos benefícios para os indivíduos e as comunidades. Outras ações que podem ser tomadas no dia a dia melhoram a qualidade de vida, como esquemas de carona, aproveitando o espaço total que um veículo oferece.

Outro argumento válido para reduzir o uso do carro é o custo que esse objeto representa no orçamento familiar. Além do combustível e das parcelas do financiamento, os automóveis ainda exigem gastos com impostos, seguro e manutenção.

Efeitos da poluição causada por carros

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, os gases tóxicos emitidos pelos carros causam uma série de diferentes problemas de saúde e ainda contribuem para o efeito estufa.

O monóxido de carbono, emitido pela combustão, é um gás incolor, inodoro e consequência da queima de combustíveis. A substância é capaz de invadir as células do sangue e tomar o espaço que seria do oxigênio, sendo levada ao cérebro, coração e demais partes do corpo através da respiração. Se a concentração for alta, pode causar asfixia e morte.

Outra substância emitida pelos carros, principalmente os movidos a etanol, são os aldeídos. Esses gases causam irritação das mucosas e das vias respiratórias, podendo desencadear crises asmáticas. Esses compostos ainda têm o potencial de causar câncer.

Por último, os hidrocarbonetos provenientes da queima de combustível dos mais variados veículos automotivos são os responsáveis pelo efeito estufa.  

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


Sites parceiros