Sexualidade

Ator Zé de Abreu revela ser polissexual: entenda o significado

Por Redação Doutíssima 22/10/2015

Há algum tempo atrás o ator José de Abreu revelou aos seus seguidores no Twitter que era bissexual. Poucos dias depois, ele voltou à rede social e corrigiu-se, dizendo que na verdade seria polissexual.

 

Afinal, há diferença entre essas duas definições? Muitas pessoas acabam confundindo conceitos de orientação sexual e por isso é preciso conhecê-los e respeitar essas diferenças.

polissexual-doutissima-istock-getty-images

Polissexuais se relacionam com todos os gêneros sem manifestar preferências. Foto: iStock, Getty Images

 

O que é um polissexual? 

Em primeiro lugar, é preciso saber que tanto a bissexualidade quanto a polissexualidade são categorias de orientação sexual – que nada mais é do que a indicação de quais os gêneros que determinada pessoa sente-se atraída. Além dessas duas categorias há também a assexualidade (sem atração por qualquer gênero), heterossexualidade (atração pelo gênero oposto) e homossexualidade (atração pelo mesmo gênero), dentre outros.

 

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, sentir atração sexual não é uma escolha. A maioria dos especialistas médicos, incluindo os da Academia Americana de Pediatria (AAP) e da Associação Psicológica Americana (APA), acreditam que a orientação sexual envolve uma complexa mistura de biologia, psicologia e fatores ambientais. Os cientistas também acreditam que os genes e os hormônios desempenham um papel importante nessa questão.

 

Um estudo com homens homossexuais nos EUA descobriu novas evidências de que a orientação sexual masculina é influenciada por genes. O estudo foi feito na Universidade Northwestern, e foi testado o DNA de 400 homens homossexuais. A conclusão foi de que genes em pelo menos dois cromossomos afetam e influenciam no fato de um homem ser homo ou heterossexual.

 

E um polissexual? Em primeiro lugar é importante saber que as definições de bissexual e polissexual são facilmente confundidas. Os conceitos próximos, mas com sutis diferenças. Em regra, os bissexuais são de determinado sexo, relacionam-se com a pessoa do sexo oposto, mas também cogitam relacionar-se com pessoas do mesmo sexo. Para os polissexuais não há essa “cogitação” – eles gostam e relacionam-se com todos os gêneros, sem manifestar uma preferência específica.

 

Essa orientação também difere do poliamor. Esse último é o desejo de estar intimamente envolvido com mais de uma pessoa de cada vez. É ainda semelhante, mas não o mesmo que a panssexualidade – atração por todos os gêneros e os sexos. A polissexualidade engloba muitas, mas não necessariamente todas as sexualidades.

 

Famosos já admitiram amar pessoas 

Muitas celebridades, assim como o ator do José de Abreu, vieram a público falar sobre suas orientações sexuais. Em 2011, em uma entrevista à revista Esquire, a atriz Megan Fox confirmou sua bissexualidade, da mesma forma que Angelina Jolie havia feito em 2003 – atualmente casada com o ator Brad Pitt, em 2003, ela revelou em entrevista que se sentia atraída também por mulheres, querendo beijá-las e tocá-las.

Além das beldades, Billie Joe Armstrong também admitiu em entrevista que já se relacionou com outros homens.  Billie é vocalista da banda Green Day e casado com uma mulher.

 

Kesha foi outra estrela da música americana a abrir o jogo quanto à orientação sexual em entrevista. Em 2013, ela admitiu que não se sente atraída apenas por homens, indicando ser apaixonada por pessoas e não gêneros.  Ela também fez uma afirmação semelhante, dois anos antes, para a revista Out.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre polissexual? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 

 


Sites parceiros