[the_ad_group id="16401"]
Saúde > Tabagismo

Dicas para parar de fumar: saiba o que é realmente eficaz

Por Redação Fortíssima 16/03/2016

Segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS), há cerca de um bilhão de pessoas fumantes no planeta. Você certamente já ouvir falar sobre os riscos associados ao tabagismo: câncer, manchas na pele, lesões nos pulmões e outras tantas complicações. Mas quais são as dicas para parar de fumar verdadeiramente eficazes?

De acordo com um novo estudo britânico, abandonar de vez o vício da nicotina – ao invés de diminuir a quantidade de cigarros gradativamente – garante melhores chances de parar. A pesquisa, feita na Universidade de Oxford, demonstrou que pessoas que adotaram a medida drástica tiveram 25% mais sucesso em largar o hábito.

Parar de fumar de uma vez é mais eficaz?

Publicada no periódico Annals of Internal Medicine, a pesquisa britânica envolveu cerca de 700 voluntários. Eles foram divididos em dois grupos: no primeiro, estavam as pessoas que tentariam parar de fumar de uma vez. No segundo, aquelas que fariam uma tentativa de largar o vício gradativamente.

Todos os participantes do estudo receberam apoio e conselhos do National Health Service (NHS), o serviço de saúde pública britânico. Os voluntários também tiveram acesso a adesivos de nicotina e terapias de reposição, como chicletes e sprays bucais.

Depois de seis meses, a constatação foi de que uma parcela de 22% dos voluntários do grupo que adotou uma medida mais drástica conseguiram ficar em abstinência, contra 15,5% dos participantes do grupo gradual. Teoricamente, o mais eficaz seria definir uma data para parar de fumar e, a partir dali, passar longe do cigarro.

Dicas para parar de fumar

Definir uma data para parar de fumar é eficaz. Foto: iStock, Getty Images

Os pesquisadores creem que a redução gradual teve menos sucesso porque as pessoas tinham de lutar para diminuir o número de cigarros. Isso pode ter tornado a decisão mais trabalhosa e difícil. Nicola Lindson-Hawley, uma das autoras do estudo, explicou o assunto em entrevista ao Reuters Health.

Segundo ela, é comum pensar que o jeito mais fácil de parar de fumar é diminuir a quantidade de cigarros. Mas, no caso do tabagismo, a norma é aconselhar as pessoas a largar o hábito de uma vez.

Por outro lado, a especialista também fez um adendo: ocorreram boas taxas de abandono do vício no outro grupo. Ou seja, se você não se sente preparado para largar tudo de forma abrupta, também vale tentar a abordagem gradual

Veja dicas para parar de fumar

De acordo com a psicóloga Silvia Cury Ismael, o primeiro passo para abandonar o vício deve partir da consciência da própria pessoa sobre os malefícios do cigarro. É preciso existir o desejo de abandonar a dependência química. A partir daí, a dica da especialista é escolher uma data ideal para parar de fumar. Isso pode fazer toda a diferença.

Em períodos de muitas festas, como Natal e Ano Novo, por exemplo, fica muito mais difícil largar o vício. Por isso, o ideal é que o fumante escolha uma data menos tumultuada. Além disso, segundo a psicóloga, é importante lembrar que largar o consumo de nicotina exige uma transformação na rotina.

É fundamental quebrar as associações que existem entre o fumo e as demais tarefas diárias. Por isso, a sugestão é procurar atividades de lazer prazerosas, que possam substituir a sensação de prazer do cigarro. Praticar exercícios físicos, manter uma alimentação saudável e tomar bastante água são outras dicas para parar de fumar.

E você, já conseguiu abandonar o cigarro? Compartilhe sua história nos comentários.


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]