[the_ad_group id="16401"]
Bem-Estar > Dia a Dia

Como cuidar de orquídea e garantir um ambiente florido

Por Redação Fortíssima 12/06/2016

Aprender como cuidar de orquídea é atitude que pode transformar o visual de sua casa. Linda e colorida, essa planta é conhecida por seus segredos e truques para o florescimento. Afinal, não basta regar e aguardar. As suas variadas espécies exigem cuidados constantes.

O Doutíssima separou as mais importantes informações e truques que garantem belas flores e plantas saudáveis por muito mais tempo. Separe a caneta, o papel e aprenda tudo que você precisa fazer.

Espécies mais adequadas

São várias mais de 30 mil espécies desenvolvidas no mundo inteiro. Algumas delas, no entanto, podem se adaptar melhor ao seu ambiente e estilo de vida. Para quem deseja começar, a principal opção é a orquídea phalaenopsis, também conhecida como mariposa ou borboleta. Ela consegue crescer em árvores, mas também se dá bem em vasos.

Essa espécie de orquídea é encontrada em diversas tonalidades e é de origem tropical. Ela é ótima opção para aprender e entender os principais causados. Após ficar craque, converse com o seu jardineiro para encontrar novos tipos e cores. Mesmo as mais ornamentais, que você ganhou de presente, podem durar anos e anos – desde que saiba como cuidar de orquídea.

Como cuidar de orquídea

A orquídea deve ser regada a cada dois dias e tratada com estimulante. Foto: iStock, Getty Images

Como cuidar de orquídea com 10 dicas

Já escolheu a espécie de orquídea que vai cultivar na sua casa? Hora de prestar atenção nos cuidados:

  • Opte por vasos de barro. Eles são mais porosos e garantem a drenagem da água. As versões feitas de plástico podem deixar a planta encharcada – tudo o que você não quer
  • Umidifique a planta  até que a água comece a escorrer por todos os furinhos do vaso. Aguarde escorrer e coloque novamente para o local escolhido. Tome cuidado extra com as flores: as pétalas molhadas podem desenvolver fungos prejudiciais. Elas devem ser regadas a cada dois dias
  • Mantenha uma distância de dois dedos entre a base da planta e a parte superior do vaso. Troque de recipiente sempre que notar que a orquídea está mal posicionada. Inclua chips de fibra de coco ao fazer a mudança
  • Fique de olho nos brotos de sua orquídea. Essa região deve ser apoiada pela parte posterior. O desenvolvimento saudável da planta depende dessa posição
  • Esterilize a tesoura utilizada para a poda. Esquente o objeto com fogo e aguarde até que esteja em temperatura ambiente. Repita o processo sempre que for mexer nas plantas
  • Trate as bases e folhas podadas com canela em pó. Esse condimento assegura a cicatrização e o desenvolvimento saudável da planta.
  • Utilize fumo de corda para tratar manchas que surgem em toda a base, folhas e flores. Coloque esse item em uma panela com água e ferva por uma hora. Borrife essa água por várias vezes ao dia. Os resultados são surpreendentes
  • Remova insetos como cochonilhas e pulgões com uma pequena escova. Umidifique a ferramenta com água e sabão de coco. Faça movimentos suaves até que todos os bichinhos sejam retirados
  • Mantenha as orquídeas em ambientes ensolarados e abertos. As folhas escuras indicam que está na hora de transportá-las para outro local
  • Anote a última floração e invista na aplicação de NPK 10 30 20 – produto vendido em pecuárias. Essa substância é estimulante e promove efeito maravilhoso às flores.

E aí, aprendeu como cuidar de orquídeas? Pode não ser simples, mas certamente compensa.


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]