[the_ad_group id="16401"]
Filhos

Confira 13 dicas para lidar com as cólicas do seu bebê

Por Redação Doutíssima 25/04/2013

Um dos primeiros desafios que muitos pais enfrentam é aprender a lidar com os períodos de choro do bebê. Geralmente isso é um sintoma relacionado a cólicas, comuns em recém-nascidos e que melhoram por conta própria após alguns meses. Não há muitas opções de tratamento para o problema, mas certas dicas de como geri-las podem ajudar.

 

Por que o bebê chora sem parar?

Especialistas indicam que a cólica é o choro inconsolável do bebé que dura muitas horas por dia, com início na segunda semana de vida até cerca de três meses de idade. As causas das cólicas variam bastante, mas de acordo com um estudo publicado na revista Pediatrics, a maioria delas não indica quaisquer problemas médicos graves.

colicas-Fortissima-iStock-Getty-Images

Cólicas são comuns em recém-nascidos e melhoram em alguns meses. Foto: iStock, Getty Images

Por exemplo, uma pesquisa publicada no Journal of Human Nutrition and Dietetics sugere que quando o bebê também apresentar diarreia e espasmos, uma das possíveis causas pode ser intolerância à lactose transitória. Caso seu pequeno apresente cólicas, é importante levá-lo para uma avaliação médica capaz de definir as causas e, se necessário, tratá-las.

 

Além disso, algumas dicas podem ajudar a gerir esses sintomas durante o período.

 

Dicas para lidar com cólicas em bebês

Não há fórmula mágica para confortar seu pequeno ou reduzir os sintomas da cólica. Os bebês respondem de forma diferente a cada método, sendo preciso buscar aquele que melhor funciona para você. Confira algumas sugestões:

 

1. Segurar o bebê durante um episódio de choro muitas vezes é capaz de ajudar, assim como envolvê-lo em um cobertor ou cueiro.

 

2.Segurar o bebê em diferentes posições, como no ombro, embalado nos braços ou deitado de barriga para baixo ao longo de seu antebraço é outra boa dica.

 

3. Sente o bebê na posição vertical durante a alimentação. Assim você irá impedi-lo de engolir ar.

 

4. Não exagere em chá, café ou outras bebidas com cafeína se você está amamentando. Muitas mulheres acreditam ainda que comidas picantes e álcool também agravam as cólicas.

 

5. Use uma mamadeira de “fluxo rápido”. Muitos bicos são pequenos demais e, às vezes, levam o bebê a engolir ar enquanto se alimenta.

 

6. Faça o bebê arrotar depois de comer. Sente-se com ele na posição vertical ou segure-o contra seu ombro, certificando-se de apoiar o pescoço e a cabeça. Então, de forma suave, esfregue suas costas e barriga até ele arrotar.

 

7. Evite estimular muito o bebê nesse momento. Além disso, todo conforto é importante. Coloque-o em um quarto silencioso, verifique se ele não está com fome e a temperatura está agradável, bem como se não há necessidade de trocar fraldas.

 

8. Alguns bebês gostam de movimento. Balance-o em seu carrinho sobre seus braços. Caminhar carregando-os em torno da casa também pode ser útil.

 

9. Certos bebês encontram num determinado barulho um calmante. Pode até mesmo ser o som da máquina de lavar.

 

10. Esfregue suavemente o estômago e as costas ou dê um banho quente. Isso também é capaz de ajudar a aliviar cólicas.

 

11. Coloque uma fralda de pano enrolada em uma garrafa de água morna e segure-a debaixo da barriga do bebê

 

12. Ocasionalmente, alergia alimentar ou intolerância podem ser as culpadas pelo choro. Fale com seu médico se notar choro intenso também na hora da mamada.

 

13. Dê chupeta. O movimento de sucção pode acalmar e aliviar a cólica.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre a cólica? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]