[the_ad_group id="16401"]
Medicamentos > Saúde

Os surpreendentes benefícios do gengibre para a saúde

Por Redação Doutíssima 17/05/2013

O gengibre é um ingrediente comum na culinária asiática e indiana, principalmente por conta de suas propriedades medicinais durante séculos em muitas culturas. Ele é carregado com nutrientes e compostos bioativos que têm poderosos benefícios para corpo e cérebro. Vale adicionar à alimentação.

Possíveis benefícios do gengibre

Seus usos medicinais já são conhecidos há pelo menos dois mil anos em culturas ao redor do planeta. Embora tenha surgido na Ásia, o gengibre também é valorizado no Oriente Médio, na África e no Caribe, dentre outras regiões. É na raiz dele que estão seus principais benefícios.

Muitos estudos têm sugerido que o aumento do consumo de alimentos de origem vegetal, como o gengibre, diminui o risco de obesidade, diabetes, doenças cardíacas e mortalidade global, promovendo pele e cabelo saudáveis e aumento de energia. Veja alguns dos benefícios comprovados dessa raiz.

Problemas digestivos

Os compostos fenólicos da raiz são conhecidos por ajudar a aliviar a irritação gastrointestinal, estimular a saliva e a produção de bile, bem como por suprimir as contrações gástricas e a circulação de alimentos e líquidos através do trato gastrointestinal.

Náuseas

Mastigá-lo cru ou beber seu chá é considerado um remédio caseiro comum para náuseas durante o tratamento do câncer. As mulheres grávidas que experimentam enjoos também podem usá-lo com segurança.

Redução da dor

Um estudo envolvendo 74 voluntários, realizado na Universidade da Georgia, dos Estados Unidos, descobriu que a suplementação diária de gengibre reduziu a dor muscular induzida pelo exercício em 25%.

Também foi descoberto que ele diminui os sintomas de dismenorreia (dor grave durante um ciclo menstrual). De acordo com levantamento, 83% das mulheres que tomaram cápsulas relataram melhorias em sintomas como a dor, contra 47% que consumiram apenas um placebo.

Inflamação

Essa raiz tem sido usada há séculos para reduzir a inflamação e para o tratamento de condições inflamatórias. Um estudo publicado na Cancer Prevention Research Journal descobriu que um suplemento administrado a voluntários participantes reduziu os marcadores de inflamação no cólon dentro de um mês.

Câncer

Cientistas da Universidade de Minnesota, dos Estados Unidos, descobriram que consumir essa raiz três vezes por semana atrasou o crescimento de células de câncer colorretal. Já na Universidade de Michigan, também dos Estados Unidos, investigadores confirmaram idênticos resultados para o câncer de ovário.

gengibre

O gengibre pode ser adicionado no preparo de alimentos ou mesmo tomado como um chá. Foto: iStock, Getty Images

Como consumir essa raiz

O gengibre fresco pode ser comprado na maioria dos supermercados e armazenado na geladeira por até três semanas, se for deixado com casca. É possível usá-lo como um condimento em diversas receitas, além de colocá-lo em sua próxima vitamina ou suco. Tente adicioná-lo também em seu molho de salada caseiro.

Você ainda pode usar um pedaço da raiz e colocar em água fervente para fazer o próprio chá. Não bastasse isso, muitas vezes se consegue encontrá-lo em forma de pó, o que facilita bastante o uso.

Em forma natural, ele é seguro para a maioria das pessoas e causa pouco ou nenhum efeito secundário conhecido. Fique atento apenas que ele é capaz de exacerbar os sintomas de refluxo ácido em algumas pessoas.

E você, costuma consumir o gengibre? Conte para a gente.


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]