Clínica Geral

Como tratar o pé de atleta (frieira)

Por 30/07/2013

isdwid

O pé de atleta, ou popular frieira, é nossa velha conhecida. Mas o será que conhecemos os tratamentos desse pequeno incômodo? Confira agora como tratar o pé de atleta (frieira).

Leia mais: Saiba tudo sobre ascite (barriga d’água): sintomas e tratamento

O pé de atleta ou frieira é uma infecção causada por fungos dos gêneros Trichophyton, Microsporum ou Epidermophyton. Estes fungos apreciam locais úmidos quentes e fechados. É por isso que uma de suas maiores incidências é entre os dedos dos pés. Por isso, andar descalço em locais úmidos como piscinas, chuveiros e vestiários contaminados pode significar pegar este fungo. Uma vez em contato com a nossa pele, este fungo necessitará de calor e umidade para sobreviver e se desenvolver.

Sabe-se que existem um grupo de risco que tem uma maior chance de pegar frieiras. São eles: pessoas que suam excessivamente, diabéticos e HIV positivos. Mas qualquer pessoa, em qualquer situação de saúde, pode ter pé de atleta.

77tu

Tratamento

O tratamento do pé de atleta é simples e pode ser feito em casa, sem intervenção médica. Mesmo os medicamentos são vendidos livremente. Normalmente, o tratamento consiste em aplicar uma pomada antifúngica 2 vezes por dia por um período de, aproximadamente, quatro semanas. É importante se conhecer os ativos da pomada utilizada porque dependendo do tipo de pé de atleta a escolha da pomada pode simplesmente mascarar o tratamento, dando uma visão errônea de cura. Casos de pé de atletas em regiões extensas ou resistentes podem ser tratadas com antifúngicos via oral (que são mais potentes). Este tratamento via oral pode durar até 6 semanas.

Leia mais: Como aliviar a transpiração excessiva dos pés

Esteja atento (a) a higiene de seus pés, que devem ser lavados com cuidado e, principalmente, muito bem enxugados (principalmente entre os dedos). Trocas as meias regularmente também ajuda a evitar o pé de atleta. E o mais importante: use chinelos sempre que estiver em banheiros, piscinas e vestiários públicos. Tome estes cuidados para manter o pé de atleta longe de você!

Fontes: Drauzio Varella, MD. Saúde


Sites parceiros