[the_ad_group id="16401"]
Medicamentos

Veja 4 causas de um alto nível de cortisol

Por Redação Doutíssima 17/12/2013

O cortisol é um hormônio fabricado pela glândula suprarrenal e prepara o organismo quando este vai passar por uma situação de risco ou estresse. Ele varia acordando com o ciclo circadiano (variação do dia) e interfere no metabolismo de proteínas, carboidratos e lipídios, sobre o tônus muscular e de outros tecidos, sobre o músculo cardíaco e sobre as inflamações.

 

cortisol

 

Veja a seguir o que pode acarretar o aumento do cortisol no organismo:

 

1) Consumo de corticoides

Usados em casos de diversas doenças auto-imunes, alergias, transplantes de órgãos (diminuindo a rejeição efetuada pelo corpo), os medicamentos contendo corticoides tem efeitos colaterais próprios do aumento de cortisol no organismo como estrias, osteoporose, redução da massa muscular e aumento do aparecimento de infecções. Por estes motivos, os corticoides são recomendados somente em casos realmente necessários.

 

2) Estresse crônico

O cortisol varia durante o dia, sendo mais abundante logo antes acordamos e diminuindo naturalmente ao longo do dia. Todavia, o seu nível aumenta a cada pico de estresse. Em casos de estresse crônico, o cortisol pode gerar o ganho de peso, insônia, diminuição do sistema imunológico, entre outros.

 

3) Tumores hipofisários

Situada na base do cérebro, a hipófise é uma glândula que produz hormônios importantes ao corpo humano. O adenoma hipofisário, mesmo sendo benigno, comprime as estruturas ao seu redor quando começa a crescer, provocando deficiência ou produzindo hormônios em excesso. Se o hormônio em questão é o adrenocorticotrófico (ACTH), ele desenvolve a Síndrome de Cushing, onde a acontece um estímulo em excesso das glândulas suprarrenais, aumentando seu tamanho e a também a produção exagerada de corticoides.

 

4) Câncer do córtex da suprarrenal

O câncer da suprarrenal pode ser responsável pela produção do cortisol e de outros hormônios. Ele é um câncer incomum, (1 a 2 casos a cada 1.700.000 vitimas do câncer) aparecendo mais em mulheres com menos de 5 anos de idade ou na faixa dos 40 e 50 anos. O quadro clínico inclui a Síndrome de Cushing. A tomografia abdominal é utilizada na investigação, e o tratamento habitual é a remoção cirúrgica do tumor e da suprarrenal.

 

Para saber se você tem níveis de cortisol elevados, basta observar se você apresenta depressão, transtorno ansioso, ataques de pânico, alteração de personalidade, alucinações auditivas e visuais, estado de confusão mental, dificuldades de concentração, lapsos da memória e a diminuição da cognição, rosto inchado com aspecto arrendondado, obesidade predominante no tronco e atrás do pescoço, pernas finas, estrias na região do abdome ou pelos na face. Para fechar o diagnóstico, procure seu médico e realize exames de sangue.


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]