[the_ad_group id="16401"]
Dica do Nutricionista

Refrigerante light faz mal como os outros? Tire suas dúvidas

Por Redação Doutíssima 07/10/2014

Muita gente recorre ao refrigerante light para se manter na dieta. Isso porque ele tem  um número muito menor de calorias e ainda supre aquele desejo por uma bebida adocicada.

Mas os refrigerantes em si podem não ser muito benéficos para a saúde, e é sempre melhor evitá-los. Para quem não consegue ficar longe desse tipo de bebida, é bom saber: existem indícios de que o refrigerante light faz mal como o tradicional. E ainda pode causar efeitos secundários indesejáveis, especialmente quando consumidos em grandes quantidades.

refrigerante-light-faz-mal

Refrigerante light engorda menos, mas ainda assim não é recomendado para perder peso. Foto: Shutterstock

Refrigerante light faz mal porque engorda

Pode parecer controverso, mas cientistas da Universidade de Purdue, nos Estados Unidos, analisaram 474 pessoas, durante 10 anos, e descobriam que quanto mais refrigerante light eles consumiam, maior era o seu peso.

Os consumidores de refrigerantes dos tipos light e diet tiveram uma taxa 70% maior de circunferência do abdômen, em comparação com quem não consumia este tipo de refrigerante. Aqueles que bebiam dois ou mais copos de refrigerantes diet por dia tiveram um índice 500% maior.

Uma teoria para explicar a pesquisa é que quando você come algo doce, logo a insulina é acionada e os hormônios fazem você se sentir satisfeito. Já os refrigerantes light acionam os receptores doces em sua língua, mas não a insulina, por isso você nunca vau se sentir satisfeito. Por isso, pode ajudar a fazer você comer mais alimentos.

Refrigerante light faz mal ao coração

Um estudo com 2.564 adultos, com mais de 40 anos, publicado no Journal of General Internal Medicine, concluiu que o consumo diário de refrigerante light foi associado com um risco maior de acidente vascular cerebral, ataque cardíaco e morte. Surpreendentemente, o consumo de refrigerante normal não foi associado a nenhum aumento no risco destas doenças.

Os especialistas afirmam que as pessoas que bebem refrigerante light ganham mais peso e tem uma chance maior de desenvolver a síndrome metabólica, que está cada vez mais associada com pressão alta, açúcar elevado no sangue, resistência à insulina, aumento do risco de doenças cardíacas e diabetes. Isso significa que o refrigerante light faz mal para o coração e não é recomendado o seu consumo diário.

Refrigerante light faz mal para os dentes

Com um pH de 3,2, o refrigerante light é muito ácido. O ácido é o que se dissolve rapidamente o esmalte dos dentes. Adultos que bebem três ou mais refrigerantes por dia têm uma pior saúde bucal, segundo uma análise da Universidade de Michigan, nos Estado Unidos.

Outra pesquisa comparou a boca de um usuário de cocaína, um usuário de metanfetamina e um bebedor habitual refrigerante light, e encontrou o mesmo nível de erosão dentária em cada um deles. O culpado aqui é o ácido cítrico, que enfraquece e destrói o esmalte do dente ao longo do tempo. Então se você pretende ter um belo sorriso, já sabe que refrigerante light faz mal.

Depressão?

Um recente estudo apresentado pela Academia Americana de Neurologia descobriu que ao longo de 10 anos, pessoas que bebiam mais de quatro latas de refrigerante por dia tinham 30% mais chances de desenvolver depressão, do que aquelas que evitaram bebidas açucaradas. Esse tipo de estudo não pode provar relação de causa e efeito, no entanto.

Então agora, com esses dados à disposição, você pode decidir se vale a pena optar pelo refrigerante light.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]