[the_ad_group id="16401"]
Dica do Nutricionista

Refrigerante light, na verdade, engorda ainda mais. Pesquisa revela que quem bebe refrigerante light tende a comer mais

Por Redação Doutíssima 06/04/2014

Refrigerante light, na verdade, engorda ainda mais. Pesquisa revela que quem bebe refrigerante light tende a comer mais.

 refrigerante light

 

Light: até que ponto?

 

Se você acha que pode se dar o luxo de tomar ocasionalmente um copo de refrigerante light sem sair da dieta, você esta enganado! De acordo com pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, as pessoas que bebem refrigerante light comem mais do que os outros.

O estudo, publicado em meados de janeiro no The American Journal of Public Health, foi feito com 23.965 pessoas, entre 1999 e 2010. Ele mostra que as pessoas com excesso de peso que bebem este tipo de bebida consomem mais calorias do que outra pessoas: 1965 calorias por dia, contra 1.874 calorias em alguém que prefere os refrigerantes normais.

Em casos de pessoas obesas, os números são ainda mais surpreendentes. Uma pessoa obesa que prefere o refrigerante light ingere, através da alimentação, aproximadamente 2058 calorias por dia – enquanto uma pessoa obesa que prefere os refrigerantes normais ingere, em média, 1897 calorias por dia.

 

Mais calorias consumidas

 

refrigerante light“Adultos obesos ou que estão acima do peso ingerem um número mais elevado de calorias do que os adultos que bebem refrigerantes contendo açúcar. Os primeiros acabam consumindo muito mais calorias provenientes de alimentos sólidos, como carnes ou petiscos”, observa Sara Bleich, uma das autoras do estudo.

O resultado é devido à fama de inocente que o refrigerante light leva quando o assunto é caloria. Logo, os consumidores de refrigerante light não se sentem culpados em consumir grandes quantidades de calorias através de alimentos sólidos.

Sara Bleich vai ainda mais longe: ela considera que os resultados das suas pesquisas associados a outros estudos poderiam, a longo prazo, provar que os edulcorantes (adoçantes artificiais) podem “afetar o metabolismo ou as vontades das pessoas.”

 

Um estudo polêmico

 

A American Beverage Association, por sua vez, respondeu à pesquisa dos estudantes da Universidade Johns Hopkins, publicando em um comunicado que “outros estudos têm demonstrado os benefícios das bebidas light”.

Para a associação, que reúne empresas que vivem deste comércio, perder peso é, principalmente, “um equilíbrio entre o total de calorias consumidas e as queimadas através da atividade física”.

De qualquer forma, para a American Beverage Association, esta notícia não vem a calhar. Depois de ter sido acusado em fevereiro deste ano de colaborar para o aumento do risco de diabetes, o refrigerante light aparece cada vez mais como qualquer coisa, menos como um parceiro da persa de peso.

 

Saiba mais sobre os perigos do refrigerante light, diet ou zero assistindo a reportagem abaixo:

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!

 

Saiba mais:

 

Aspartame: um veneno vendido livremente!

Saiba mais sobre o uso do adoçante durante a gravidez

Conheça qual é o melhor adoçante e quantas gotas você pode usar

Açúcar ou gordura: O que engorda mais?

3 Razões incontestáveis para reduzir o açúcar da dieta

Como largar o vício pelo açúcar: dicas de alimentação

Diet ou light: qual a melhor escolha?


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]