Filhos

Móveis de bebê: cuidados para montar o quarto do pequeno

Por Redação Doutíssima 17/10/2014

Um dos assuntos preferidos de uma mamãe que está aguardando o nascimento do seu filho é a decoração do quarto da criança. Escolher os móveis de bebê e como posicioná-los da melhor maneira é o mais importante.

 

Isso é relevante tanto para o conforto e segurança do bebê quanto para a melhor organização dos brinquedos e roupas, que ficará a cargo dos pais. O mercado de móveis de bebê oferece uma grande variedade de produtos, dos mais diferentes tipos, e para escolher bem, é preciso levar em conta alguns cuidados.

móveis-de-bebê

O quarto de uma criança pode ser bonito, mas precisa ser seguro e relaxante. Foto: iStock, Getty Images

Saiba como escolher os móveis de bebê

 

Na hora de decorar os quartos dos pequenos, é muito importante lembrar que a criança precisa de um ambiente tranquilo, principalmente nos primeiros meses de vida. O visual é importante, mas é secundário.

 

Antes da decoração, no entanto, você precisa escolher qual será o cômodo destinado à criança. Ele precisa ser um local livre de ruídos, para que ela tenha um sono tranquilo, e de fácil acesso, para que os pais possam chegar brevemente caso haja alguma necessidade urgente.

 

Escolha móveis de bebê de boa procedência, que sejam seguros, feitos com materiais resistentes, e práticos – de preferência laváveis. Depois de comprados, pense bem em onde eles ficarão dispostos no cômodo. Trace uma linha reta da janela até a porta e evite colocar o berço entre essa faixa – assim ela não ficará exposta à corrente de ar.

 

Fora isso, organize o restante dos móveis de bebê conforme achar mais prático, dando prioridade à mobilidade e evitando deixar o quarto apertado demais.

 

A cama ou berço pode, por exemplo, ser colocada junto à parede lateral, deixando o restante do quarto com espaço livre para brincar. A decoração também pode ser trabalhada, com adesivos nas paredes e outros objetos que estimulem os seus sentidos.

 

Estímulos aos sentidos nos móveis de bebê

 

Você pode encher o quarto com almofadas e outros itens de personagens infantis, para que o seu filho se sinta bem em seu próprio quarto. Procure evitar que a criança tenha televisão e videogame nesse ambiente, para não estimular um possível vício a esses meios eletrônicos.

 

Enquanto o bebê é pequeno, no entanto, um aparelho de som pode ser útil, pois a música, além de didática e de estimular a audição, pode ser relaxante para a hora da soneca e divertida para a hora do banho e das brincadeiras. Mas deixe o objeto longe do alcance da criança, para evitar possíveis acidentes.

 

Quanto às cores dos móveis de bebê, priorize as suaves, que impedem que as crianças fiquem muito agitadas. Isso também vai tornar mais fácil a hora de pegar no sono. Aparelhos com regulagem de intensidade de luz também são bem interessantes, já que muitas crianças têm medo do escuro, ao mesmo tempo de que o excesso de luminosidade atrapalha o sono.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros