Medicina Alternativa

Conheça o poder da losna na prevenção e combate ao câncer

Por Redação Doutíssima 19/10/2014

A losna é uma planta medicinal também conhecida por vários nomes – como absinto, erva-do-fel, alenjo, erva-de-santa-margarida, sintro ou erva-dos-vermes. O seu chá é muito utilizado para ajudar a baixar febre ou para complementar o tratamento de problemas de intestino provocados por vermes.

losna

Chá feito com a planta tem vários benefícios ao organismo. Foto: iStock, Getty Images

Com o nome científico de Artemisia absinthium, é possível comprar a losna facilmente em lojas de produtos naturais e em algumas farmácias de manipulação.

Popularmente a losna é muito utilizada para ajudar no tratamento de vermes intestinais. Também é um remédio natural contra cólicas, diarreia, má digestão, azia, falta de apetite, problemas nervosos, febre ou problemas biliares.

Combata o câncer com a losna

Além de todos esses benefícios, a mais nova descoberta em relação à losna é que ela é uma eficiente arma no combate ao câncer. É isso mesmo: essa erva, conhecida na China há mais de 2 mil anos, tem o poder de matar até 98% das células cancerígenas em 16 horas.

Numa série de estudos, a artemisinina, uma substância extraída da losna e utilizada em fitoterapia chinesa há séculos, tem a capacidade de reduzir as células cancerígenas da região do pulmão em até 28%. Já quando combinada com ferro, o índice aumenta para 98%.

E, como se não fosse o suficiente, a losna consegue fazer esse ataque de forma seletiva, o que significa que as células más são combatidas sem que o tecido saudável seja afetado.

“Em geral, nossos resultados mostram que a artemisinina para o fator de transcrição está envolvida na destruição de células de câncer de pulmão”. Essa foi a conclusão indicada na pesquisa realizada no laboratório de câncer da Universidade da Califórnia.

Estudos sobre a losna mostram benefícios da planta

Além disso, um outro estudo da Universidade de Washington, liderado pelo Dr. Henry Lai e Narendra Singh, e até agora, o maior estudo feito com a artemisinina nos Estados Unidos, mostra que a combinação com ferro tem uma taxa comprovada de 75% de destruição do cancro da mama após apenas 8 horas e quase 100% de destruição em apenas 24 horas.

Como isso acontece: as células cancerígenas tendem a acumular mais ferro do que as células normais para promover a divisão celular, e por isso tornam-se mais suscetíveis à combinação de artemisinina e ferro.

Finalmente, muitos outros experimentos foram realizados até agora, e todos eles têm mostrado que a combinação pode efetivamente destruir o câncer em vários órgãos, como intestino e próstata – além do já citado pulmão.

Sendo assim, a infusão de artemisinina já oferece uma boa proteção contra vários tipos de cânceres – e a versão em pó seco também pode ser muito eficaz. Por isso, não se esqueça de adicionar a losna na sua lista de plantas medicinais: mais do que uma boa digestão, a planta oferece melhora na qualidade de vida.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros