[the_ad_group id="16401"]
Beleza > Uncategorized

Impressora 3D que faz tatuagem em pele humana é a nova invenção francesa

Por Redação Doutíssima 09/12/2014

Uma impressora 3D que desenha diretamente na pele humana, e pode até fazer tatuagem a partir de música ou vídeo, acaba de ser inventada por estudantes franceses. A novidade promete ajudar tatuadores no trabalho mais mecânico, para terem mais tempo com o trabalho criativo.

 

tatuagem

Novidade criada por estudantes franceses: impressora 3D para tatuagem. Foto: Shutterstock

 

Nos tempos atuais, em que a impressão 3D já oferece um grande potencial de opções para o avanço da área médica, três alunos alunos da Escola de Design Industrial Nacional de Paris (ENSCI, na sigla em francês) encontraram uma outra função para a impressora 3D:  fazer tatuagem via impressão mecânica na pele humana.

 

A “Le tatoué”, que quer dizer “o tatuado” em francês, foi como os estudantes de designer criadores da  novidade Piotre Widelk, Pierre Emm e Johan Da Silveira a batizaram. A máquina não produz tatuagem em relevo, mas garante criações precisas e originais, sem a fadiga para os profissionais que, dependendo do desenho, passam horas até finalizar um trabalho. Letras, frases, desenhos e até vídeos e música são algumas ideias para tatuagem que a impressora 3D é capaz de realizar, conta o artigo publicado no último fim de semana pelo jornal francês Le Figaro.

 

tatuagem

A impressora em 3D testada na França promete ser um marco na história da tatuagem. Foto: Divulgação

 

O mecanismo é composto por uma agulha móvel ao longo de um eixo horizontal, que fura a pele em intervalos regulares, até aí o mesmo processo de tatuagem feito manualmente. A beleza e a precisão parecem ter agradado os apaixonados e apaixonadas por “pele rabiscada” ao redor do mundo.

 

A grande diferença é que o software de modelagem 3D permite visualizar a tatuagem em uma tela, antes de imprimi-la sobre a pele. Outra característica específica do software: ele é capaz de reproduzir arquivos de vídeo, bem como arquivos de áudio. Ou seja, se você gosta de uma música, que tal olhar como a impressora entende um desenho para a canção?

 

“É possível obter uma imagem de tatuagem (oriunda de um vídeo) ou reproduzir as ondas de ritmo musical em seu braço”, afirma Pierre, um dos inventores, sem, no entanro, explicar como vai funcionar na prática.

 

Inspiração para fazer tatuagem em impressora em 3D

 

O projeto teve início em outubro de 2013. “As impressoras 3D inspiram a imaginação e estamos muito interessados em todos as três dimensões gráficas: a idéia deste projeto de pesquisa, portanto, impôs-se naturalmente”, diz Pierre Emm.

 

Quando perguntado se a “Le tatoué” vai tirar o lugar dos tatuadores, o estudante respondeu: “Pelo contrário. Com esta máquina eles poderão delegar as tarefas tediosas, como a repetição de um padrão de desenho que demanda um longo de tempo, ou quando a tatuagem exige um padrão de precisão intrincado para se atingir manualmente”, diz o estudante.

 

“Nós admiramos o trabalho de artistas de tatuagem e com esta máquina, esperamos ajudá-los a gastar menos tempo pensando sobre o lado técnico e ter mais tempo livre para expressar sua arte, através de novas ferramentas “, completa Pierre.

 

Sucesso internacional da invenção para tatuagem

 

Apresentado na Galerie Nikki Diana Marquardt de Paris, em outubro, por ocasião do Salão Autodesk (uma exposição organizada pelo líder de software em projetos 3D do mundo que tem o mesmo nome), a “Le tatoué” foi então testada por empresários franceses com sucesso. Mas é no mercado internacional, fora da França, que a inovação tem a maioria dos seguidores: o trio de estudantes participou em várias exposições em todo o mundo, de São Petersburgo a Roma.

 

 No Brasil, ainda não foi testada ou apresentada, mas sendo o país um dos lugares onde o mercado de tatuagem mais cresce, a novidade deve também fazer sucesso por aqui. 

 

Mas apesar de toda a agitação em torno da máquina, a comercialização não é planejada para agora. Os desenvolvedores da impressora 3D para tatuagem primeiro querem melhorar o produto para atender às necessidades dos artistas de tatudores.

 

No entanto, os desenvolvedores, já registraram uma patente para a invenção e vão “deixar a máquina de teste com diferentes artistas da tatuagem de todo o mundo”, antes de iniciar a sua start-up e “passar a fazer parte da história da tatuagem“, afirma Pierre.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]