Sexualidade

Clitóris grande? Descubra se o tamanho influencia no orgasmo

Por Redação Doutíssima 08/06/2015

Recentemente, uma pesquisa realizada pelo Good Samaritan Hospital revelou que mulheres que têm clitóris pequenos, localizados longe da vagina, têm sua capacidade de atingir o orgasmo muito reduzida. Mas, o contrário, o clitóris grande, também preocupa muitas mulheres e é motivo de insegurança na vida sexual.

 

O clitóris é a única parte do corpo feminino destinada apenas a dar prazer à mulher. Esse órgão sexual tem o formato de uma pirâmide e está localizado na parte superior da vulva. Há quem o considere o equivalente feminino do pênis.

clitoris grande

O tamanho do clitóris feminino não deve atrapalhar o prazer na hora do sexo. Foto: iStock, Getty Images

 

Nem toda mulher tem clitóris grande

O tamanho do clitóris varia bastante de uma mulher para outra. Algumas o têm bem pequeno, que não pode ser visto nem mesmo quando estão excitadas. Há casos de clitóris grande, mas há especialistas que alertam que as variações de tamanho são comuns e não devem ser motivo de qualquer tipo de desconforto, seja ele físico ou psicológico.

Uma outra pesquisa, publicada na revista Journal of Minimally Invasive Gynecology mediu os diferentes pontos da região íntima de 168 mulheres para chegar a uma média.

De acordo com essa pesquisa, a largura do clitóris variou de 0,2 cm a 2,5 cm e a altura, de 0,4 a 4 cm, com média de 1,6 cm. Para ilustrar melhor, pouco menor que um botão de calça jeans. Acredita-se também que quanto mais largo o clitóris, maiores as chances de a mulher chegar ao orgasmo.

Por outro lado, há quem acredite que clitóris grande ou pequeno não tem nenhuma influência no prazer da mulher. Isso equivaleria a dizer que o homem que tem o pênis pequeno tem menos prazer que o que tem um pênis grande.

O mesmo vale para as mulheres que apresentam os pequenos lábios maiores que os grandes lábios, e, fazendo mais uma comparação, o tamanho dos seios, que varia muito entre as mulheres.

Clitóris grande não deve atrapalhar relação

Assim, se você tem clitóris grande, esqueça que isso pode ter alguma influência no resultado de suas relações sexuais. No que se refere à questão física, o que vai influenciar no prazer clitoriano podem ser as terminações nervosas, que são as responsáveis por transmitir as sensações ao cérebro, cerca de 80 mil que estão ramificadas por várias partes da vulva.

Mas a quantidade dessas terminações nervosas costuma ser praticamente a mesma para todas as mulheres.

É Importante lembrar que o clitóris muda de tamanho quando a mulher se excita. Ficando um pouco maior e endurecido, voltando ao tamanho normal em seguida.

Agora que você já sabe que ter um clitóris grande ou pequeno não vai necessariamente interferir em seu prazer, saiba que essa é um parte do corpo que requer tanta atenção quanto o restante no que se refere à higiene e prevenção de doenças.

Há muitas doenças que podem infeccionar o clitóris, assim, é importante procurar o médico diante de qualquer alteração ou sensação diferente, como dor ou coceira.

As infecções mais comuns no clitóris ocorrem devido ao aumento de fungos na região íntima da mulher, causando coceira e inchaço. Herpes, vaginite e tricomoníase são outras infecções que podem surgir no local. Todas essas complicações, se não tratadas, podem levar a doença ainda mais sérias.

Para prevenir doenças e infecções, bem como outras doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), jamais deixe de usar preservativo em todas as relações sexuais.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros