Sexualidade

Sexo anal faz mal? Veja os mitos e verdades sobre essa prática

Por Redação Doutíssima 29/11/2014

Embora o sexo tenha deixado de ser um assunto escondido, o sexo anal ainda é um tabu para a maioria das pessoas. Tido como anti-higiênica, dolorida e sem nenhum prazer, essa modalidade está entre as coisas que os homens mais gostam na cama. Existem ainda mulheres que pensam que serão desvalorizadas pelos companheiros caso adotem essa prática. Veja os mitos e verdades sobre esse assunto.

 

sexo-anal-faz-mal

Há muitos clichês inverídicos quando o assunto é sexo anal. Foto: iStock, Getty Images

Veja se sexo anal faz mal e desvende outros mitos

 

Dor

A primeira coisa que vem à cabeça das mulheres que se perguntam se o sexo anal faz mal é a questão da dor. O ânus é uma região muito enervada, o que pode levar a dor, mas se bem feito não existirá desconforto nenhum.

 

A dica é passar muito lubrificante e relaxar a musculatura com a ajuda dos dedos, estimulação do clitóris, tampões anais e/ou pequenos vibradores. Caso haja dor latente, não insista, ou você pode causar fissuras.

 

Sujeira

 

O sexo anal não é mais sujo do que os outros tipos de relação sexual, já que a maior parte das descargas ficam no intestino e só uma pequena quantia é depositada no reto. Assim como para qualquer outro contato íntimo, é recomendado uma limpeza em torno do ânus antes do ato sexual. Mesmo assim, a camisinha deve ser trocada antes de se iniciar a penetração vaginal – sempre use camisinha quando forem praticar o sexo anal.

 

Saúde

 

Muita gente acredita que o sexo anal faz mal para hemorróidas, mas o efeito é contrário. A dilatação do tecido elástico do ânus é terapêutica, funcionando como tratamento para a doença. O que acontece é que o movimento de introdução peniano pode corrigir a hemorróidas, recolocando as veias no interior do canal anal. Mas claro que o tratamento indicado para doença não é esse – o ideal é procurar um médico.

Confira alguns fatos verdadeiros sobre o sexo anal

 

Prazer

 

Além dos homens terem fetiche por verem as mulheres de quatro, pelo visual e pela possibilidade de penetração mais profunda, o sexo anal também é prazeroso para o sexo feminino. Devido a grande quantidade de terminações nervosas, a região anal é a zona erógena mais completa, captando de maneira muito particular as diversas sensações.

 

Religião

 

A ideia de que o sexo anal faz mal foi perpetuada pela Igreja, que considerava um ato sujo e imoral, por não seguir os padrões descritos na Bíblia Sagrada. Tantos anos depois a ideia segue firme e continua sendo pouco aceita pela mulherada. Seja por preceitos religiosos ou morais, as mulheres costumam dizer não quando convidadas por seus parceiros a praticar a modalidade.

 

DSTs

 

Em se tratando de doenças sexualmente transmissíveis, o sexo anal faz mal tanto quanto o vaginal – os riscos são os mesmos. Ele deve ser praticado com o uso de preservativos para evitar uma possível contaminação. Além das DSTs, a camisinha impede que as bactérias que vivem na flora instetinal causem infecções nas vias urinárias do homem e da mulher.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros