Estética > Slider Home

Manchas escuras no rosto: saiba como eliminar e prevenir

Por Redação Doutíssima 10/08/2015

A pele é o maior órgão do nosso corpo e o mais visível. Por isso, é comum ficarmos desconfortáveis com o surgimento de manchas escuras no rosto. As origens do problema são diversas. No entanto, alguns cuidados podem ajudar a lidar com a situação e a manter o bem-estar.

 

Origem das manchas escuras no rosto

As causas de manchas escuras no rosto podem ser de origem genética, hormonal ou decorrente da luz. Quando há essa tríade, ocorre o tipo de mancha chamado de melasma, como explica o médico dermatologista José Camillo.

manchas escuras no rosto

Tratamentos com produtos clareadores podem amenizar manchas escuras na pele. Foto: iStock, Getty Images

É possível haver uma predisposição para manchas faciais na família. “Na genética não se mexe. Já nos casos de exposição solar, existem os protetores com fator UVA e UVB”, exemplifica.

 

Um dos casos comuns de aparecimento de manchas é durante a gravidez, pela alteração da taxa hormonal. Acontece que durante a amamentação, essas manchas escuras no rosto podem não sumir, em função da prolactina.

 

Anticoncepcionais e até mesmo uso de DIU com liberação de hormônios podem influenciar na formação do melasma.

 

Como eliminar manchas escuras no rosto

O dermatologista afirma que os clareadores têm ótima qualidade, mas mesmo assim não garantem desaparecimento total das manchas no rosto. Há tratamentos com ácidos, vitamina C e hidroquinona, que atuam na formação da melanina, e antioxidantes orais.

 

Alguns casos também envolvem o retorno da mancha, pois a pessoa consegue diminuir, mas se expõe novamente ao sol e ela retorna. “Quem tem manchas tem que ser tratado como um doente crônico, especialmente se tiver predisposição genética”, diz o médico. “O filtro solar é indispensável”, completa.

 

Por ter uma hipersensibilidade na melanina, a pele negra pode resistir mais aos efeitos do sol, mas também mancha mais. “Uma simples picada de mosquito pode ficar com uma mancha escura que na pele clara desapareceria”, exemplifica o dermatologista.

 

Manchas escuras no rosto também podem ser sinal de outros problemas. É preciso estar atento à forma, diâmetro e se o formato é irregular. Um conjunto de fatores que pode indicar problemas maiores, como um melanoma, ou seja, um câncer de pele.

 

Dicas para lidar com manchas escuras na pele

De acordo com o dermatologista José Camillo, o uso de água oxigenada pode até não prejudicar, mas também não vai adiantar. Receitas caseiras – com o uso de plantas e outros produtos – também devem ser evitadas, sob o risco de causar irritação ou outros problemas.

 

Além do tratamento com clareadores e do uso de filtro solar, o dermatologista diz que não há problema no uso de bases para camuflar as manchas escuras no rosto. Há bases, inclusive, com proteção solar.

 

“A indústria cosmética ajudou nesse ponto. A dica é não deixar de estar protegido e usar uma base um tom acima da própria pele, para tapar bem a mancha”, recomenda.

 

Outra dica é escolher loções oil free. “Quem tem melasma tem pele oleosa, por isso na hora de escolher o protetor solar, a base, a maquiagem, é preciso estar atento a este fator”, indica o médico.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros