Saúde Mental

Tipos de perfume: o que a fragrância revela da personalidade

Por Redação Doutíssima 29/08/2015

É comum uma fragrância específica nos remeter imediatamente à presença de alguém, como marca registrada. Além disso, os tipos de perfume também podem revelar aspectos da personalidade de cada um. Tudo que envolve a escolha por um cheiro tem a ver com a forma como começamos a nos relacionar com o mundo desde o nascimento.

Como se dá a escolha dos tipos de perfume

A primeira maneira de comunicação do bebê com o mundo externo são as sensações, chamadas de senso-percepção. O bebê sente não apenas o mundo que o rodeia, mas as sensações que se passam dentro dele (fome, dor de barriga, gazes, entre outros).

tipos de perfume

A escolha da fragrância do perfume pode ter relação com experiências de vida. Foto: iStock, Getty Images

“Em relação ao mundo externo, podemos dizer que ele sente o cheiro da mãe, diferente do cheiro do pai, o cheiro do leite (seja materno ou não), o cheiro do travesseiro, do cobertor, enfim, uma gama enorme de cheiros diferentes, os quais contribuirão para a formação e construção de seu mundo interno e externo”, explica a psicóloga Silvana Magayeski da Silveira.

Aos poucos, o bebê irá aprendendo a decodificar e associar os cheiros e aromas a experiências satisfatórias e gratificantes ou ruins e desagradáveis.  É esse conjunto de sensações que construirá a capacidade de escolher os tipos de perfume no futuro.

Sobre esse aspecto, Silvana cita Freud em seus escritos sobre  Os Três Ensaios Sobre a Teoria da Sexualidade. Ali, o pai da psicanálise traz alguns apontamentos sobre a questão dos odores associados aos fetiches, mas mais tarde, passa a associar os fetiches ao campo da visão. “Porém, os registros olfativos transformam-se em memórias olfativas”, acrescenta a psicóloga.

De acordo com Silvana, é bastante comum que as pessoas em tratamento psicológico falem de suas sensações, muitas vezes associando a cheiros ou sabores.

“E quando vamos aprofundando as situações que causam tais memórias, podemos acessar outras lembranças muito necessárias para o melhor entendimento da personalidade, que podem estar ligadas a tipos de perfume”, afirma.

Além disso, de acordo com a especialista, entender a pessoa a partir de suas sensações (dentre elas o olfato) significa poder olhar para o que de mais primário ela está tentando expressar.

 

“Muitas vezes, são sentimentos e sensações vivenciadas em um momento da vida em que ela não lembra – e sequer tinha conhecimento do mundo que a cercava -, porém que já marcava sua vida”, diz ao ressaltar que isso se explica também pela escolha dos tipos de perfume.

 

Há outros especialistas que afirmam que quando a mulher combina sua fragrância preferida de acordo com sua personalidade, acaba por criar um resultado harmônico que pode cativar e provocar lembranças nos outros por meio do cheiros.

 

O que revelam os tipos de perfume

Conheça um pouco mais sobre os aromas mais usados nos mais variados tipos de perfume e saiba o que eles podem revelar:

 

1. Floral

tipos de perfume shutterstock doutissima 01

Foto: Shutterstock

É o mais popular e tem relação direta com os aspectos femininos e românticos. Na maioria das vezes, esse aroma é baseado em flores como rosas, lavandas e gardênias. São mais escolhidos pelas mulheres jovens.

 

2. Amadeirado

tipos de perfume shutterstock doutissima 02

Foto: Shutterstock

É o mais frequente entre as mulheres maduras, de odor intenso e penetrante, é clássico. Remete à sensualidade associada ao mistério.

 

3. Verde

tipos de perfume shutterstock doutissima 03

Foto: Shutterstock

É o aroma das mulheres extremamente ligadas à natureza. Com cheiros que lembram grama, campos e folhas, é o mais escolhido pelas que têm alma livre, espírito aberto, como as atletas.

 

4. Oceano

tipos de perfume shutterstock doutissima 04

Foto: Shutterstock

As fragrâncias desse grupo são as escolhidas pela mulher de personalidade marcada pelo dinamismo, que está em alerta o dia todo, seja pelo trabalho ou pelo estudo. O cheiro remete ao mar, com toques de frutas cítricas e especiarias.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros