Filhos

Higiene do bebê: confira dicas para mamães de primeira viagem

Por Redação Doutíssima 23/09/2015

Um recém-nascido significa novos desafios e responsabilidades para os pais, e a higiene do bebê é um componente crucial dos cuidados com a criança. Ela é extremamente importante para mantê-lo feliz e saudável o tempo todo. Além do banho, há certas áreas que requerem atenção especial para evitar qualquer tipo de infecção.

 

Bebê limpinho é bebê saudável

A melhor maneira de manter seu bebê feliz e saudável é praticar uma boa higiene. Para fazer isso, são necessárias uma série de medidas, como esterilizar mamadeiras e usar sabonetes e produtos de limpeza antibacterianos.

higiene do bebe

Cuidados básicos de higiene no dia a dia ajudam a manter a saúde do bebê protegida. Foto: iStock, GettyImages

Ainda assim, um grande número de bebês sofre com diversas alergias. O motivo? Sem estar em contato com germes, o sistema imunológico deles não vai funcionar corretamente.

 

Os recém-nascidos expostos a germes domésticos durante o primeiro ano de vida parecem ter menor risco de desenvolver asma e alergias, segundo um estudo realizado por cientistas do Johns Hopkins Children’s Center.

Os resultados confirmam a chamada “hipótese da higiene”, segundo a qual crianças que crescem em ambientes muito limpos são capazes de desenvolver sistemas imunológicos hipersensíveis que as tornam propensas a alergias.

 

No entanto, isso não significa que se deve descuidar da higiene básica. Alguns cuidados continuam essenciais. É importante dar um banho todas as noites, manter as unhas do bebê cortadas constantemente e lavar suas mãos com regularidade. Além disso, é importante cortar o cabelo com frequência.

 

À medida que a criança cresce, limpar suas gengivas e depois escovar seus dentes é um ótimo começo para ensiná-la sobre rituais de higiene. E para evitar incômodos mais além, muitas vezes é melhor começar logo com alguns hábitos. Se você começar a limpar as orelhas do bebê desde logo, por exemplo, mais tarde ele estará acostumado e não se incomodará com isso.

 

Cuidados com a higiene do bebê

Algumas dicas podem ajudar os novos papais a desvendar as necessidades de higiene do bebê. Conheça algumas delas:

 

1. Rosto e cabeça

higiene do bebe

Os olhos do bebê recém-nascido devem ser limpados com bola de algodão e água morna. Foto: Shutterstock

Com as mãos limpas, umedeça uma bola de algodão com água morna e limpe suavemente as pálpebras do recém-nascido – use um pedaço diferente de algodão para cada olho.

 

Com uma bola de algodão, limpe por trás e ao redor do lado externo das orelhas. Gengivas e língua devem ser lavadas com água limpa e uma fralda de pano, pela manhã e à noite.

 

2. Unhas

higiene do bebe

Para manter os hábitos de higiene no dia a dia, as unhas do bebê devem ser cortadas. Foto: Shutterstock

Utilize uma tesoura de unhas especial para bebê. Peça para alguém segurar o pequeno enquanto você as corta. Caso não consiga ajuda, é possível tentar aparar as unhas da criança enquanto ela está dormindo.

 

3. Cordão umbilical

higiene do bebe

A área do cordão umbilical do bebê deve ser higienizada com cotonete e álcool 70%. Foto: Shutterstock

Lave as mãos antes de manusear o cordão umbilical. Limpe a área com álcool 70% e um cotonete, pelo menos duas vezes por dia. Verifique se o coto está bem seco depois do banho.

 

4. Genitais

higiene do bebe

Para evitar assaduras na pele do bebê, é importante deixá-lo sem fralda por um tempo. Foto: Shutterstock

Para as meninas, molhe uma bola de algodão, segure as pernas e limpe entre os lábios – da frente para trás. Para os meninos, lave cuidadosamente a área genital com água durante o banho. Não esqueça de deixar o bebê com um tempo ‘livre de fralda” e exponha sua pele para prevenir assaduras.

5. Mãos

higiene do bebe

Limpar as mãos do bebê é uma forma de evitar que bactérias entrem em contato com a boca. Foto: Shutterstock

A lavagem das mãozinhas é muito importante porque grande parte das infecções acontece quando o bebê as coloca na boca. Se a mão de seu filho tem fluidos corporais, pedaços de fezes ou quaisquer outras bactérias nocivas, ela pode causar infecção apenas por estar perto da boca ou dos olhos.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


Sites parceiros